sábado, março 24, 2007

OS PATRÕES SÃO UMA MINORIA

Há quem não goste de perder nem que seja a feijões. Os patrões portugueses conseguiram no passado recente “harmonizar” a hora portuguesa com a hora do resto da Europa, no tempo de Cavaco Silva como primeiro-ministro, se bem se lembram. Passados mais de uma dezena de anos, voltam à carga utilizando os mesmíssimos argumentos, apesar dos inconvenientes então verificados.
Estes senhores regulam-se pelos interesses económicos, pelo lucro a qualquer preço e tendem a ignorar tudo o que esteja para lá dos seus interesses. São uma minoria, mas sabem o poder que detêm e a influência que têm junto do poder político, pelo atiram o barro à parede, esperando que cole. As crianças, as mais prejudicadas com esta alteração horária, não são factor impeditivo na sua opinião – dizem que é uma questão de hábito - e os pais e mães que teriam que lidar com o problema, para além da questão do desfasamento do horário biológico são considerados pequenos problemas.
Os argumentos a favor da alteração desejada pelos patrões são muito esclarecedores, se os olharmos à luz do século XXI. Dizem as associações patronais que “ a diferença de uma hora provoca dificuldades nos contactos comerciais e o aumento dos custos com as deslocações dos empresários portugueses, obrigando a que, para estar presente em iniciativas que se iniciam ao princípio do dia, seja necessário viajar de véspera”.
Uma característica dos portugueses é a de serem desenrascados, todos menos os empresários a julgar pelos argumentos. É extremamente fácil contornar as dificuldades que o horário existente lhes parece causar, basta-lhes seguir o conselho saudável dos nossos antepassados: Deitar cedo e cedo erguer, dá dinheiro e é sempre a crescer. Para eventuais recaídas, acrescente-se o fiel despertador de corda, não vá falhar a energia eléctrica.

*** * ***
FOTOS


*** * ***

CARTOON
Ferreira dos Santos - Portugal

Evgeny Kran - Russia

2 comentários:

Laurentina disse...

Pois são ...mas são os que tb comem tudo e não deixam nada...e recebem subsídios a fundos perdidos para edificarem os seus PALAÇETES e comprarem os seus FERRARIS...os outros , pais mães trabalhadores olha que vão dar uma volta ao bilhar grande...e ninguém os atira aos tubarões!!!
Bom fim de semana
Beijão grande

Aninhas disse...

Coitadinhos dos patrões, então faz-se isso? Obrigá-los a levantarem-se cedo para tratar de negócios? Despertador de corda? Utilizar o computador sozinhos sem a ajuda da secretária?
És mesmo um malandro!