sexta-feira, março 07, 2008

A CAMPANHA VERGONHOSA

Quando as coisas correm mal para o governo nada como soltar umas informações sobre aumentos para a função pública, para ver se os restantes cidadãos manifestam o seu desagrado e se voltam contra os “felizardos funcionários públicos”. A receita foi resultando durante algum tempo, mas como tudo o que é demais enjoou, e aos poucos a estratégia deixou de aliciar a inveja, aliás infundada.

Ontem vieram a público notícias sobre os salários máximos do funcionalismo público e os seus aumentos com a aplicação das novas carreiras. Claro que para as primeiras páginas saltou logo o aumento “mais suculento”, na ordem dos 18,9%, que representa quase 600 €.

Estamos perante mais uma campanha de um governo encurralado entre a contestação que sobe de tom, e a teimosia já indisfarçável, em desmoralizar o funcionalismo público. Isto é uma arma de dois gumes, que facilmente é desmontada, porque aos tais lugares de topo apenas chegam uma pequeníssima minoria, e são sobretudo os que merecem a confiança da tutela, já que de outro modo nunca lá se poderá chegar. Já agora, porque será que veio a público esta informação se nem sequer os sindicatos ainda tinham sido informados nem ouvidos?

Termino com a pergunta venenosa que já muitos estamos a fazer: qual vai ser o impacto dos tais aumentos para os funcionários de topo, nos vencimentos da classe política? Talvez venha a ser curioso saber-se isto, porque a ingenuidade tem limites.

*** * ***
PINTURAS
Abstract african images
Painting inspired by the medieval village Eze, near Monarco.

*** * ***

CARTOON

Om Prakash Sharma - India

Om Prakash Sharma - India

10 comentários:

C Valente disse...

Saudações amigas e boa noite

Anónimo disse...

Ora então temos, 14 escalões e considerando que se pode ter que esperar 10 anos para galgar de escalão, bastam 140 anos para se chegar ao topo da carreira, GENIAL!
Mas para os boys há-de arranjar-se um sistema de SALTO-À- VARA e teremos de certeza turbo TOP BOYS.
lOL
Anarka

Marreta disse...

Aqui quanto muito, voltar-se-ão os funcionários do fundo da carreira contra os funcionários do topo da carreira...
Saudações do Marreta.

Enfim... disse...

ahh pois é porque isto é bom e sobe bem é para quem ganha muito n para quem ganha pouco pais de ignorantes este rrrrrrrr

la esta o pobre cada vez mais pobre e o rico cada vez mais rico e quando se pergunta ao pobre em quem vota nas proximas eleições...sera no socrates eheheheh assim é que á ganda povinho

beijinhos

Bom fim de semana

Tiago R. Cardoso disse...

aqueles aumentos de 600 euros para o topo e 25 cá para baixo, está muito bem pensado, realmente está, enfim, é o que temos e aturamos...

Sophiamar disse...

Como sempre uns aumentos bem pensados! Quem ganha mais, mais afastado vai estar de quem ganha menos. E o fosso vai aumentando.

Beijinhosssss

SILÊNCIO CULPADO disse...

Olha Zé, hoje vim ver-te mas não comento.
Deixo um abraço.
Os patinhos são lindos.

Papoila disse...

Venho dar um abraço!
Belíssimas as ilustrações... quanto aos aumentos para os de topo é cada vez mais do mesmo... e o fosso a aumentar cada vez mais...
Beijo

Meg disse...

Zé,

Que a pouca vergonha impera, que somos todos tratados como dementes, que querem levar as pessoas ao limite...
Será?

Um grande abraço

Vieira Calado disse...

Eh, pá!
Você nem me fale no Rangel!...
Começo logo a ranger os dentes...
Boa semana para você.