quarta-feira, maio 23, 2007

RECORDAR BONS MOMENTOS

Link
O criador e a sua criação

*** * ***

O MELHOR APANHADO

Para um país mais pobre
«Quero deixar-vos também uma palavra de confiança, confiança em vós, nas vossas famílias e a certeza que cada um de vós dará o seu melhor para um país mais justo, para um país mais pobre... perdão, para um país mais solidário, mais próspero, evoluído».

José Sócrates no discurso sobre a nova Lei da Nacionalidade

Por maior que seja a prática e por mais jeito que se tenha, mentir é uma arte difícil. Há sempre aquele momento em que a boca lhes foge para a verdade.

*** * ***

FOTOGRAFIA

Vu
*** * ***

IMAGEM MANIPULADA

Diploma manhoso

*** * ***

CARTOON
Precipitação

8 comentários:

Sílvia disse...

Tintim, Herge, a rosa branca, o diploma Picasso da Medicina e o casamento que devia ser uma licensa de pesca, estão muito bem. Claro que a escolha do apanhado também é óptima.
Vale sempre a pena passar pelo cantinho do Zé.
Bjos

jpg - o sineiro disse...

Indiquei-te para mais um daqueles prémios de corrente.

Chama-se "Blog com Tomates".

Para recolha do símbolo e pormenores, podes consultar www.blogcomtomates.blogspot.com

Se não quiseres acitar, palavra que não fico "puto ralado"!

um abraço.

brit com disse...

Este blog foi nomeado por jpg para o prémio "Blog com Tomates". Para mais informações visite http://blogcomtomates.blogspot.com

Isabel-F. disse...

"Por maior que seja a prática e por mais jeito que se tenha, mentir é uma arte difícil. Há sempre aquele momento em que a boca lhes foge para a verdade.
"

sem dúvida uma grande verdade.

gostei do teu sítio.
parabéns.


beijinhos duma patrícia tua...

Belzebu disse...

Muito bom! Hilariante o apanhado do Engenheirote, quando o pé lhe fugiu para o chinelo!

Tenho que reconhecer que este blog me deixa bem disposto, o que não é fácil para um Belzebu que se pretende infernal!

eheh!! Um abraço verdadeiramente infernal!

Odysseus disse...

Mesmo assim acho-o muito gordo, portugal precisava de ser retratado com mais magreza.

Cumps

CORCUNDA disse...

Ele bem pode deixar uma palavra de confiança e confiar em nós. Nós é que já deixámos de confiar nele. Eu, por exemplo, confiança foi coisa que nunca tive nele.

Boa lembrança a do Hergé. A sua banda desenhada faz parte da minha adolescência/juventude e mesmo hoje em dia não desdenho ler um livrinho do Tintin. Gostava muito da revista Tintin que trazia bandas desenhada de vários autores, ao estilo de episódios, um por semana. Não sei se ainda existe hoje em dia. Eu ainda continuo a guardar dezenas de fascículos.
Abraço.

jpg - o sineiro disse...

Lembras-te do "Valentão"?
"PS! PS! PS! hein...PSD! PSD! PSD!"

Os "rapazes" andam baralhados, é o que é! Muito stress, coitados!...

Um abraço.