quinta-feira, maio 03, 2007

PASSO CIVILIZACIONAL?

Nos nossos dias fala-se muito de avanços de diversas naturezas, tecnológicos que são evidentes e civilizacionais que são discutíveis. A sociedade actual orgulha-se dos avanços tecnológicos e privilegia o sucesso individual em detrimento das relações pessoais. O individualismo prevalece e a competição tornou-se um imperativo, atirando-se os valores para um patamar secundário. Os ideais em que fui formando a minha personalidade, dos finais da década de sessenta e sobretudo de setenta, em que a maioria das pessoas queria contribuir para o bem comum e para o bem-estar social, foram substituídos nos primórdios do século XXI pelo individualismo, pela competição pura e dura e pelo egoísmo.
Não é um tema filosófico que quero abordar hoje, mas apenas um vício e uma lei que se propõe combater esse mau hábito. Os fumadores e a discriminação a que estão a ser sujeitos são o mote deste post.
No campo político estamos perante um caso da mais pura hipocrisia, pois a venda de tabaco é permitida, os impostos sobre o seu consumo são elevados, e as terapêuticas e medicamentos para a libertação do vício nem sequer são comparticipados. As medidas que se anunciam são mais gravosas que as que decorrem do consumo de drogas pesadas e a obrigação de denúncia dos prevaricadores, à luz da nova lei, é um tique que ficará para sempre colado a este governo dito “socialista”, que nos faz recuar cerca de 50 anos para encontrar algo de semelhante.
Algo está muito mal na nossa sociedade, quando em vez de proporcionar a reabilitação parte para a repressão, discriminação e denúncia de quem está preso ao vício do fumo. É esta mesma sociedade que beneficia hoje e beneficiou durante muitos anos dos impostos cobrados a todos os que consumem ou consumiram algum tipo de tabaco.

*** * ***
FOTOS - VARIAÇÕES SOBRE O TEMPO

kassa

*** * ***

CARTOON

4 comentários:

KoKuana disse...

Fumar faz mal, o governo faz ainda pior.
Vacina-te

Aninhas disse...

A intolerância e o fundamentalismo começam a ganhar terreno na sociedade dita moderna em que só se admite o politicamente correcto. Estamos perante um retrocesso civilizacional em que a droga parece ser melhor tolerada do que o tabaco, muito curioso!
Bjos

Joca disse...

O povo drogado é mais fáil de ser domado.
É um bom mote político para o PS ?
Quem sabe...

jpg - o sineiro disse...

ASSINO POR BAIXO CADA UMA DAS PALAVRAS DO TEXTO!

À mesma abjecta hipocrisia já me referi em coisas que escrevi.

belas imagens e a terceira é um bom retrato do epíteto com que Socas passará à história (pequena) do país: Socas - O novo Pinóquio

Um abraço e dois manguitos "neles"!.