quarta-feira, dezembro 08, 2010

HUMOR AO FERIADO

Portugal é um país fantástico e, apesar de sermos um bocado sisudos, temos dirigentes que são uns verdadeiros pândegos.

Ainda a semana passada ouvimos dirigentes empresariais dizer que as empresas não podiam pagar ordenados mínimos de 500 euros por causa dos custos de produção e da concorrência internacional, mas quando se sabe que o preço da energia eléctrica vai aumentar mais do que a inflação, temos esses mesmos dirigentes verdadeiramente mudos.

Há algum tempo conheceu-se um registo exaustivo de dezenas de voos com destino a Guantanamo, que cruzaram o nosso espaço aéreo, e os que escalaram aeroportos nacionais. Há poucos dias conheceram-se uns “cables” com origem na embaixada dos EUA em Lisboa sobre o assunto, e contudo, o senhor ministro dos Negócios Estrangeiros conclui que “pura e simplesmente não houve voo nenhum”.

Em Portugal tornou-se normal ouvir um membro do governo ter um discurso em Bruxelas, e depois dizer o contrário em território nacional. Por exemplo, temo s a respeito desse tema os discursos de lá e de cá, mas também temos o da ministra da pasta que é divergente do que teve agora o 1º ministro.

A coerência parece que não faz parte do discurso dos nossos dirigentes, e estou em crer que a camada de ozono deve ter alguma influência nesta inconstância, porque não me atreveria a dizer como a grande Ivone Silva … ESTÁ TUDO GROSSO!





CARTOON

6 comentários:

o escriba disse...

Nem de propósito!!!

Como fomos (e somos) enganados estes anos todos pelos discursos, promessas, análises, estatísticas e outras coisas com mais de três sílabas... Está mesmo tudo grosso, sim!

Um abraço
Esperança

Anónimo disse...

Grossos não sei, mas lá que são umas cabeças tontas...
Bjos da Sílvia

myself disse...

Vamos para o Guiness como o país dos patetas... isso mesmo, PATETAS!
Porque deve ser pos isso que os nossos governantes nos tomam.
Ouvi-los ou não é a mesma coisa, só o ruído das vozes é que incomoda...o resto é paleio!
Feriado para quem, Zé?

Um beijo da Meg

Zé Povinho disse...

Meg
Para mim também não é feriado, porque estou a trabalhar em casa para complementar o salário de miséria que me pagam.
Abraço do Zé

Kássia Kiss disse...

"apesar de sermos um bocado sisudos, temos dirigentes que são uns verdadeiros pândegos" - Ai Agostinho, ai Agostinha, que rico vinho, dá-me uma pinguinha...

Pata Negra disse...

Essa do ordenado mínimo causa-me vómitos: numa empresa com 100 empregados com o ordenado mínimo - mas existem empresas com 100 empregados com o ordenado mínimo?! - 20 euros de aumento correspondem a 400 contos por mês - mas isso é alguma coisa para uma empresa com 100 empregados com o ordenado mínimo. Por outro lado, quem tiver 5 empregados com o ordenado mínimo vai ter um aumnto de encargos de 100 euros por mês.

Quero com isto dizer que o assunto do ordenado mínimo é só para entreter e humilhar!

Vão mexer nas leis laborais?! Podem mexer à vontade, já vimos que elas não ser vem para nada! São apenas para entreter e humilhar!

Dizem-nos que se facilitarem os despedimentos o emprego aumenta!
Vão gozar com as puta que os pariu!

Um abraço de mau humor e que se fda o feriado