quinta-feira, setembro 16, 2010

A INÚTIL TRAPALHADA

A difícil situação em que nos encontramos, com um desemprego altíssimo, o investimento em baixa e com um poder de compra cada vez mais baixo, faz com todos pensemos nas soluções para se sair desta situação perigosa.

Todos? Não, porque há quem se detenha em artifícios e politiquices completamente estéreis, mas que ocupam os noticiários de cada dia. A alteração da Constituição é apenas um exemplo da incapacidade real dos nossos políticos de apresentarem soluções para os problemas que enfrentamos.

O ridículo que tem sido a discussão das alterações da Constituição, nomeadamente na vertente laboral, da saúde e da educação, traduz-se na mudança de expressões ou simples palavras, que o principal partido da oposição, o PSD, pretende transformar em obstáculos à boa governação.

Estou cada vez mais farto de jogos florais e de problemas de semântica. O que se exige a quem está na política é que apresente soluções para os problemas e depois cumpra o que prometeu. Já agora, também era de bom-tom que aqueles que têm responsabilidades na situação em que nos encontramos viessem retratar-se, assumindo as suas responsabilidades, o que nunca acontece neste país com tão maus políticos.



FOTOGRAFIA


CARTOON
O Tigre e o Dragão

5 comentários:

opolidor disse...

é pedir demais... esta gente retratar-se? em vez disso camuflam as asneiras...

abraço

Zé Povinho disse...

Caro Polidor
A escalada de asneiras é que nos conduziu ao buraco, nunca a Constituição com que nos vão distraindo.
Abraço do Zé

Meg disse...

Zé,

Mas a quem é que convém que se discutam os problemas sérios?
Só vão mudar as moscas... e todas gostam do mesmo, se me entendes.
ESTAMOS FARTOS!

Um abraço

Kássia Kiss disse...

Só almas nobres admitem os seus erros...

Daniel Santos disse...

sem duvida.