terça-feira, janeiro 04, 2011

O CHEIRO DA CRISE

Para onde quer que olhemos lá está aquele ar de crise estampado. Se vamos encher o depósito do automóvel, lá está o aumento de preços, se vamos ao supermercado lá nos atiram com a subida do IVA, se compramos a bilha do gás, lá está o preço em dobro, relativamente ao praticado em Espanha.

Ainda não chegámos ao final do mês, que cada vez parece estar mais longe do final do salário anterior. Aí temos um salário minguado que teremos que gerir para pagar o que é necessário, tudo com preços aumentados.

Será que esta crise e este aperto do cinto são iguais para todos? Parece-me bem que não, porque não dá para esquecer que estamos no país europeu com as maiores desigualdades. Registe-se como mero exemplo que, em 2010 as vendas da Porsche aumentaram 88%.

Pode gostar de ler ISTO

Conclusão deste texto: em 2011 todos os desempregados portugueses vão passar a circular nas estradas ao volante de um Porsche!



FOTOGRAFIA


CARTOON

5 comentários:

Meg disse...

E vão todos à quantidade de concertos programados para este ano, a começar já em Fevereiro... com lotações desde já esgotadas para a maior parte deles.
E olha que são muitos os "grandes comcertos" neste desconsertado país!
Um abraço

Anónimo disse...

Aina bem que há um sab~~ao destes, recomendado pelo Zé! Isto ameaçava mesmo cheirar muito mal...
Bjos da Sílvia

Pata Negra disse...

Volta 2010, estás perdoado! A crise começou a cheirar mal?! Pior, aqui há merda!!
Um abraço inodoro

SILÊNCIO CULPADO disse...


Sempre sonhei ter um Porshe,Zé. Mas o meu desemprego não permite. Nem o daqueles que em média de 322/dia vão ficando sem o seu trabalho.
O Porshe é só para os desempregados que não precisam trabalhar, para os licenciados em corrupção e todos aqueles a quem é permitido o enriquecimento ilícito.
Zé, estamos aqui para falar. Para exercer a Cidadania ao rubro.
Abraço

LopesCa disse...

Adoro orquídeas :)