sexta-feira, agosto 01, 2014

UM PAÍS DO AVESSO



Neste país as coisas parecem estar do avesso, a dar crédito às notícias mais recentes que todos puderam ler, ver ou ouvir nos órgãos de comunicação social.

O prejuízo de 3.577 milhões de euros do BES é histórico. Ainda não há condenados pelo caso BPN, apesar dos milhares de milhões de euros de prejuízo. O BPP é um caso ainda em aberto na Justiça. O governo atacou a crise com austeridade que se traduziu em medidas como os cortes salariais na função pública, a CES dos pensionistas, os aumentos do IRS, os aumentos já existentes e anunciados do IVA, a diminuição do valor das horas extraordinárias, etc.

A crise da nossa economia, que foi criada pelas más decisões políticas, pelos erros de gestão de muitos responsáveis do sector público e privado, pela gestão dolosa em muitos casos, como aconteceu na banca, está e será paga pelos rendimentos do trabalho e pelas reformas dos pensionistas, que em nada contribuíram para a crise.

Políticos, economistas e gestores apresentam-se como inocentes, e dizem que foram os portugueses (quais?) que foram culpados por viverem acima das suas possibilidades. Será que a falta de vergonha continuará a ser suportada por quem anda ser explorado por tal gente?   



4 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Para eles o culpado é sempre o mesmo. O Zé Povinho. Sem ofensa amigo. Por isso, é que é sempre em cima da gente que caiem sempre as represálias.
Um abraço

Anónimo disse...

vejam e leiam

http://apodrecetuga.blogspot.pt/2014/08/o-bes-e-menos-popular-no-dciap-do-que.html#.U9vPxmB0z4g

Anónimo disse...

ELE FOI O CHEFÃO

https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnx6ZW5pbnVtaXxneDo2MWEwYjk3MmRmMDUyMmQ4


Gilberto Fernandes Teixeira Teixeira disse...

Eles viram o país ao averso para obterem benefícios próprios...