sexta-feira, agosto 17, 2012

2 HOMENS ILUSTRES NATURAIS DE SINTRA


D. Afonso V de nome e 12º segundo Rei de Portugal, nasceu em Sintra a 15 de Janeiro de 1432, e morreu na mesma vila a 28 de Agosto de 1481 no mesmo quarto onde tinha nascido. Foi muito afeiçoado às letras e belas artes, cultivando em especial a Matemática e a Música, e o primeiro Rei de Portugal que reuniu no seu Palácio uma livraria. Escreveu sobre astronomia e milícia.

Pedro de Cintra, famoso navegador, foi Moço de Câmara d’El Rei. Sendo Escudeiro do Infante D. Henrique, saiu da barra de Lisboa no ano de 1460, e continuou o descobrimento da Costa Ocidental da África desde o Rio Grande até além do Cabo Mesurado espaço de 629 milhas de Costa para o Sul. Restituído ao Reino navegou com o posto de Capitão de uma armada, composta de 12 navios e 600 homens, de que era Capitão-mor Diogo d’Azambuja, a qual expedira no ano de 1481 El-Rei D. João II para fundar a fortaleza e a povoação de S. Jorge da Mina, cuja empresa se executou com grande solenidade de que resultou intitular-se o mesmo Rei Senhor da Guiné.

In Cintra Pinturesca – Visconde de Juromenha


3 comentários:

O Puma disse...


Entretanto os Coelhos

andam à solta

Metalurgia das letras disse...

O verbo "intitular-se" é muito utilizado por estas bandas...

Diario de uma mae solteira disse...

;)