terça-feira, maio 08, 2012

CLIMA E FLATULÊNCIA

Segundo uma teoria recente os gases dos dinossauros terão tido a sua influência no aquecimento do planeta no mesozoico. 

Nos nossos dias é com alguma apreensão que se encara a elevada produção de metano com origem nos herbívoros actuais, e com base nessa realidade há quem sugira que o elevado número de saurópodes de grande porte, teria tido ainda um maior impacto no clima, há muitos milhões de anos. 

Seguindo o raciocínio dos investigadores, sobre a influência perniciosa da flatulência dos grandes saurópodes, imagine-se o que seria se há 150 milhões de anos, além daqueles bichos também existisse uma classe de humanos semelhante às dos maus políticos que abundam por aí. Teria sido o fim do planete Terra, pois não conseguiria resistir a tanta flatulência junta!...
CARTOON
Fedor by Goraz

4 comentários:

Fada do bosque disse...

Esse post está de arrombar! ahahahah!! Espectáculo! :)

elvira carvalho disse...

Boa! Eheheheh!
Um abraço

Anónimo disse...

A humanidade está agora em vias de se extinguir como aconteceu com os dinossauros, e pelo mesmo motivo: o excesso de flatulência por parte dos políticos. GENIAL!
Bjos da Sílvia

maceta disse...

parece que existem ainda bastantes perto do Tejo engravatados que fedem...