quarta-feira, novembro 14, 2012

EU VI ESTE POVO A LUTAR


Eu vi este povo a lutar
Para a sua exploração acabar
Sete rios de multidão
Que levavam História na mão

Sobre as águas calmas
Um vulcão de fogo
Toda a terra treme
Nas vozes deste povo

Mesmo no silêncio
Sabemos cantar
Povo por extenso
É unidade popular

Somos sete rios
Rios de certeza
Vamos lá cantando
No fragor da correnteza

Eu vi este povo a lutar
Para a sua exploração acabar
Sete rios de multidão
Que levavam História na mão

A fruta está podre
Já não se remenda
Só bem cozidinha
No lume da contenda

Nós queremos trabalho
E casa decente
E carne do talho
E pão para toda a gente

Ai, meus ricos filhos
Tantos nove meses
Saem do meu ventre
Para a pança dos burgueses

Eu vi este povo a lutar
Para a sua exploração acabar
Sete rios de multidão
Que levavam História na mão

Alça meu menino
Vê se te arrebitas
Que este peixe podre
Só é bom para os parasitas

Só a nosso mando
É que há liberdade
Vamos lá lutando
P'ra mudar a sociedade

Bandeira vermelha
Bem alevantada
Ai minha senhora
Que linda desfilada

Eu vi este povo a lutar
Para a sua exploração acabar
Sete rios de multidão
Que levavam História na mão

4 comentários:

Anónimo disse...

FORÇA CAMARADA

http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=IgHyXlbahkU&NR=1

Metalurgia das letras disse...

"Quem sabe faz a hora, não espera acontecer" Boa luta meu povo!

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=uFP9ihHDx6s

Anónimo disse...

PORTUGAL NO MUNDO ......e agora acabaram com a nossa dignidade estes neo-liberais com tiques fascistas ...

http://www.youtube.com/watch?v=JW4bF6Mn_Zc&feature=youtu.be