quinta-feira, fevereiro 26, 2015

EXTREMISMOS



Uma das características de extremistas é a aversão à Cultura, e nem sempre as populações dão logo pelos tiques desta característica de intolerância.

Muitas vezes vão de mansinho, deixando de promover ou suportar as manifestações culturais, fazendo com que elas simplesmente vão definhando até soçobrarem por si mesmas. Por vezes a pressa é maior e entram na proibição pura e simples ou na destruição dos seus suportes, sejam eles livros ou outras obras de arte.
 
O que se passou agora em Mossul, no Iraque, e que já se tinha verificado no Afeganistão, só para falar em acontecimentos recentes, são manifestações de radicalismo, que sempre preferiu a ignorância e a pobreza de espírito para se disseminar.




Buda de Bamiyan (Afeganistão)

6 comentários:

Jorge P.G disse...



Viu com certeza o filme ou leu livro de Ray Bradbury publicado em 1953. Felizmente os ivros não são proibidos na América nem os bombeiros os queimam. Para o autoproclamado Estado Islâmico, terroristas extremistas, a ficção de Bradbury será por certo desejada como realidade.

Jorge P.G disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge P.G disse...

Refiro-me, naturalmente, como seguramente percebeu ao Farenheit 451

Zé Povinho disse...

Li o livro, meu caro, mas duvido que os terroristas o tenham lido, porque a intolerância e o fanatismo só prosperam na ignorância...

Pata Negra disse...

De facto, à luz da nossa razão, não se compreende! estes tipos têm de ser mesmo eliminados!
um abraço em pedra, em história, em arte - antes do que em fé

Anónimo disse...

PASSOS PAGA O QUE DEVES NÃO ES MAIS DO QUE OS OUTROS CONTRIBUINTES !!!


http://www.noticiasaominuto.com/economia/354141/passos-coelho-esteve-cinco-anos-sem-pagar-a-seguranca-social