terça-feira, fevereiro 03, 2015

A PATROA E O FIEL SERVO

Da Frau Merkel já todos sabemos o que esperar, já que toda a política seguida, de austeridade, tem sido por ela imposta, com os maus resultados que todos vemos, mas dum dirigente português, esperava-se que, mesmo que discretamente, houvesse compreensão com os desejos do governo grego, porque algum alívio na austeridade poderia potenciar algum crescimento, que Portugal necessita para pagar o que deve e para dar alguma esperança ao nosso povo.

Claro que à frente do governo temos Passos Coelho, um indivíduo que se verga perante Merkel, chegando mesmo a rastejar, prometendo ser o seu melhor seguidor. Os gregos já conseguiram um perdão de parte da dívida, já têm um serviço da dívida mais acessível do que nós, e vão conseguir mais tempo para pagar, mas o arrogante Coelho prefere continuar a castigar o povo, sendo o tolinho de serviço.


3 comentários:

Anónimo disse...

Que dueto maldito...
Lol

AnarKa

maceta disse...

esta nódoa nacional está quase a largar o farrapo...

abraço

Gilberto Fernandes Teixeira Teixeira disse...

Fiel escudeiro e puxa-sacos natus, um verdadeiro "baba troika."