sexta-feira, janeiro 24, 2014

O SAQUE

O povo português tem sido castigado com medidas que o sufocam, sempre com o pretexto da crise nacional, por um governo que não trata todos da mesma maneira. A famigerada crise não foi causada pelo comum dos cidadãos, como querem fazer crer, com a frase “viveram acimas das suas possibilidades”, mas sim por uma elite composta pelos accionistas dos bancos e maus governantes.

Quando agora Passos Coelho e companhia cantam hinos de glória por terem conseguido superar as metas estabelecidas (e corrigidas) para o défice de 2013, há que analisar alguns dos números que foram conhecidos e pouco discutidos.

O Estado arrecadou mais 3,2 mil milhões de euros em IRS em 2013, o que significa um aumento de mais de 35% relativamente a 2012. O aumento da cobrança de IRS mostra bem quem suportou “o milagre” de que o governo se vangloria pois nenhum outro imposto teve um incremento que se lhe compare.

Cruzando as cobranças de impostos em 2013 e as promessas de alívio fiscal para 2014, temos que Passos Coelho pretende aliviar o IRC mantendo os escalões de IRS. Não sejamos inocentes pensando que a descida do IRC será bom para a diminuição do desemprego e para o investimento, porque qualquer melhoria depende mais do comportamento da economia europeia do que dessas medidas, que apenas serão benéficas para aumentar os lucros das grandes empresas.

Além de sermos espremidos até ao tutano ainda tentam enganar-nos com números avulsos, como também acontece com os desemprego, que diminui sem a criação de mais postos de trabalho do que os que acabam, ou com o consumo para 2014 que aumentará (?) quando os rendimentos do trabalho diminuem.


Chega de embustes!  


4 comentários:

Anónimo disse...

Políticos da tanga deixam-nos de tanga
Lol

AnarKa

Anónimo disse...

Chegará o dia em que os ladrões serão exemplarmente castigados.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...






























Sem comentários !!!!
Como é possível ?



























































Assunto: Lei 64/2013.. Vergonhoso !

" se os lobos contagiam a massa, um belo dia o rebanho transforma-se em horda" Ernst Junger






Até onde chega a falta de vergonha dos políticos... Só há uma saída...corrê-los a ponta-pé




SFF MOVIMENTEM-SE ! PASSEM PALAVRA é a LEI 64/2013 de 27 de Agosto.






O segredo dos privilégios dos políticos já é lei.


Já tem a forma de Lei nº 64/2013, de 27 de Agosto, o sigilo dos privilégios dos políticos e foi hoje publicado no Diário da República.

Portanto, por protecção da lei agora aprovada pela Assembleia da República, com os votos favoráveis do PSD, CDS/PP e do PS, passaram a ser secretos os privilégios dos políticos.

Vejam-se, neste caso e segundo esta lei, por exemplo, as chamadas pensões de luxo atribuídas aos ex-políticos (ex-deputados, ex-Presidentes da República, ex-ministros e ex-primeiros-ministros, ex-governadores de Macau, ex-ministros da República das Regiões Autónomas e ex-membros do Conselho de Estado) e os ex-juízes do tribunal constitucional, passaram a ser escondidas do povo português.

A partir de agora e na vigência desta lei, os portugueses e contribuintes ficam a desconhecer quem são e quanto recebem financeiramente do erário público e do orçamento geral de estado os ex-políticos e governantes.

O que é o mesmo que dizer que os políticos e governantes passam a poder decidir secretamente entre eles a atribuição a si mesmos dos benefícios, regalias, subsídios ou outras mordomias, sem que os portugueses, o povo português portanto, ou até mesmo os tribunais, tenham direito a saber o que os políticos fazem com o dinheiro que é de todos nós.

De facto e de lei, passou a haver uma qualidade superior de sujeitos, ao caso os políticos, governantes e juízes do tribunal Constitucional, que estão isentos do escrutínio público, não se encontram mais obrigados a revelar as fontes, as origens e a natureza dos seus rendimentos de proveniência pública, ou seja, que fazem com o dinheiro público o que muito bem entendem e não estão obrigados a prestar contas públicas do que fazem.

Lida esta nova lei tive de socorrer-me do Código Penal, onde fui encontrar semelhantes comportamentos e condutas nos dois artigos 308º e 375º do Código Penal, respectivamente o crime de "Traição á Pátria" por abuso de órgão de soberania e o crime de "Peculato".

Triste república esta em que vivemos, a delinquência já tem protecção de lei !

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AMIGOS

E PERGUNTO EU:

SE TODOS OS CIDADÃOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, É OU NÃO INCONSTITUCIONAL QUALQUER LEI QUE OBRIGA UNS E ISENTA ALGUNS OUTROS?

É OU NÃO INCONSTITUCIONAL QUALQUER LEI QUE COLOQUE ALGUNS CIDADÃOS ACIMA DA LEI?

0U É LEGAL QUE ALGUNS DE NÓS POSSAMOS NÃO CUMPRIR AS NORMAS CONSAGRADAS NA CONSTITUIÇÃO?



sábado, Janeiro 25, 2014 5:19:00 da tarde

Anónimo Anónimo disse...
O assunto do anonimo anterior ,está no FACEBOOK desde ontem e por todo o lado que é rede social .

sábado, Janeiro 25, 2014 5:41:00 da tarde

Anónimo Anónimo disse...
SEGUNDO SE CONSTA O TAL HOTEL NO ARELHO ,TAMBEM ESTÁ NO NUMA RESERVA NATURAL ,SE TEEM DUVIDAS CONSULTEM OS MAPAS .....ENTÃO TAMBEM VAI SER DESTRUIDO ????
QUANDO É QUE A CAMARA VAI CONSULTAR A QUEM DE DIREITO SE O TAL HOTEL DE 10000 DE ESTRELAS ESTÁ OU NÃO FORA DE LEI COMO FEZ COM O AERODROMO ,CASO ESTEJA EM TERRENOS DE RESERVA NATURAL ,QUE SEJA DEMOLIDO E FEITO NUM OUTRO LOCAL !!!

TODOS OS CIDADÃOS TEM DIREITO IGUAIS ,SEJAM REIS OU ESCRAVOS ,ASSIM REZA A DEMOCRACIA

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=uFP9ihHDx6s