quinta-feira, janeiro 03, 2013

A SAÚDE É UM DIREITO

Quando ouvimos da boca de dois governantes que os cidadãos é que devem prevenir as suas doenças para se poupar recursos do Sistema Nacional de Saúde, apetece perguntar, como? è que nem todos temos vícios, comportamentos de risco nem comemos demasiado.

Como se sabe é quase sempre necessário recorrer-se a exames de diagnóstico para se detectarem potenciais riscos de saúde, e esses exames têm que ser pedidos por um médico, e custam naturalmente dinheiro, pelo que até os médicos já os evitam passar.

Por último, será que vão cortar a assistência a quem tenha algum tipo de doenças de tratamento mais caro? Será que o senhor ministro quer especificar melhor o que quis dizer?
MÚSICA

3 comentários:

elvira carvalho disse...

Eu previno-me das doenças do tabaco, não fumo, das doenças de alcoolismo, não bebo, da gripe, vacinei-me. Do resto espero que o Sns me trate. Ninguém fica doente por prazer.
Um abraço e um 2013 menos mau do que aquilo que esperamos.

Anónimo disse...

Ao preço a que chegarag os cuidados de saúde, já não se pode dizer que seja para todos.
Bjos da Sílvia

Pata Negra disse...

Qualquer dia ainda acabam a culpar os pais por não darem educação aos filhos e fecham as escolas!
Um abraço de fim de ciclo