quarta-feira, junho 06, 2012

O MAIOR BANCO PRIVADO

O BCP é desde há muito tempo intitulado o maior banco privado português, e nos últimos anos foi o centro de muitas notícias, quer por problemas internos quer por alguns negócios julgados duvidosos. 

Todos se lembram da saída de Jardim Gonçalves, das acusações que lhe foram feitas à época, da sua sucessão e das lutas pelo domínio do banco. Pelo que se soube mais tarde, a Caixa Geral de Depósitos emprestou largas quantias de dinheiro durante as lutas pelo domínio do banco. 

O tempo passou sobre tudo isto, os accionistas maioritários parece que até são estrangeiros, e o banco que paga reformas milionárias e salários fantásticos aos seus gestores, atravessa sérias dificuldades no que respeita a capitais próprios. 

Veio a público a notícia de que o BCP vai recorrer ao empréstimo com o aval do Estado, num valor creio que de 3,5 mil milhões de euros. Os mercados, os tais de que tanto gostavam os banqueiros e outra gente do meio da alta finança, estão agora a castigar as acções do banco que já valem pouco mais de 8 cêntimos, mostrando que há muitas dúvidas sobre a capacidade do BCP pagar este empréstimo no prazo definido. 

Vamos a ver se não vamos todos ser chamados a “bancar” também o BCP, e se também não vamos ser chamados a arcar com os prejuízos da CGD resultantes da aventura que foi a tentativa de domínio do BCP, cujas acções hoje valem muito pouco, comparativamente ao preço em que estavam na altura dos empréstimos muito criticados por quase toda a gente.
 
Sopra o vento e a verdade fica à mostra

4 comentários:

Anónimo disse...

Já cheira a mais um buraco para o Zé e a Maria pagarem.
Bjos da Sílvia

elvira carvalho disse...

E quando o buraco for destapado e o Zé Pagante for chamado a pagar, paga. Não é o que temos feito sempre?
Um abraço

Anónimo disse...

Um banco que já foi do regime e agora é estrangeiro. O buraco é grande e a conta vai cair no colo do Zé.
Lol

AnarKa

maceta disse...

ainda me lembro de contactar estes artistas que se consideravam em certa ocasião como um clube...