domingo, abril 01, 2012

O PAPEL HIGIÉNICO

Temos que concordar que a descoberta do papel higiénico foi muito importante para a higiene humana, ainda que hajam divergências quanto à sua descoberta, que poderá ter acontecido na China, no século VI.

Não se pense que ele tenha sido bem recebido quer pelos árabes, quer pelos europeus, que à época utilizavam folhes de hortelã, outras verduras e inevitavelmente água.

Em Portugal temos uma marca que terá inovado na área do papel higiénico ao começar a comercializar o dito em diversas cores, publicitando-se até como a marca do papel higiénico negro.

A imaginação e a criatividade não têm limites e já se viram algumas “criações” utilizando o papel higiénico e outras estampadas no próprio papel. Aquilo que já tinha sido utilizado de forma satírica por alguns foi agora feito por um artista alemão, Georg Buchrucker, que estampou em cada tira a cara de Hitler, o que terá causado polémica mas que também já originou bastantes encomendas.

Este artista alemão apelida a sua ideia de “humorística”, e mostra o ditador sem bigode convidando as pessoas a colocarem “o que falta no sítio certo”.

Olhem que se a moda pega por cá, e a Renova aproveita a deixa, vai ser um grande sucesso de vendas se lá colocarem rostos de alguns dos piratas que nos lixaram e ainda nos andam a lixar.

CARTOON

6 comentários:

vieira calado disse...

Olá, boa noite!

Estou noutro computador,

porque no meu há uma malvada aplicação Texas

que não deixa comentar.

Daí a minha forçada ausência.

Felizmente daqui posso saudá-lo!

Um forte abraço.

* Mas eu sei dum que limpou o cu a uma nota de 500 euros... por não ter papel higiénico no palácio e ter na carteira só quinhentolas...

Forte abraço

Anónimo disse...

Há fuças ás quais apetece mandar à ... e olha que quase que dava para ter um retrato em cada folha.
Lol

AnarKa

Fada do bosque disse...

ahaahha!! Zé Povinho!
Ainda um destes dias escrevi lá no guerra, um comentário a dizer que o papel higiénico tinha sido a melhor invenção do séc XX, a seguir à de Fleming. Gostaria de saber como se desenrasca o homem que vive sem dinheiro, neste aspecto.
Mas sinceramente, puro e branco é como convém. O Hitler está na moda! tenho lá um vídeo com o homem a fazer publicidade a shampô... agora isto! :)
Um abraço.

BlueShell disse...

A imaginação e a criatividade não faltam aqui....Beijo imenso
BS

maceta disse...

pelo meia dúzia estão a precisar da máscara cheirosa...

abraço

elvira carvalho disse...

Eheheheh!
Mas que ideia genial.
Um abraço e Páscoa Feliz