domingo, abril 15, 2012

O HOMEM DOS SONHOS

Que nome dar ao poeta
esse ser dos espantos medonhos?
um só encontro próprio e justo:
o de José o homem dos sonhos

Eu canto os pássaros e as árvores

Mas uns e outros nos versos ponho-os
Quem é que canta sem condição?
É José o homem dos sonhos

Deus põe e o homem dispõe

E aquele que ao longo da vereda vem
homem sem pai e sem mãe
homem a quem a própria dor não dói
bíblico no nome e a comer medronhos
só pode ser José o homem dos sonhos

Ruy Belo



FOTOGRAFIA
By Palaciano

3 comentários:

LopesCa disse...

Bonito poema com foto a acompanhar :)

São disse...

Bom poema...

Bons sonhos.

C Valente disse...

Imagem e poema muito belos
Saudações amigas