sexta-feira, fevereiro 24, 2012

A PERGUNTA DO DIA

Cavaco Silva anda a fazer um novo roteiro pelo país, estando agora pelo norte do país onde visitou algumas empresas nacionais. Até aqui tudo normal, mas os empresários fizeram questão de oferecer ao Presidente e à esposa alguns produtos saídos das suas empresas, e isso suscitou uma questão óbvia:

-As ofertas certamente ultrapassaram o valor de 150 euros, pelo que nos perguntamos se a sua aceitação por parte dum servidor público, infringe ou não a lei recentemente feita que limita o valor das ofertas a um valor inferior a 150 euros?


5 comentários:

maceta disse...

não estando impedido é aceitar...

abraço

Anónimo disse...

Se um inspector do trabalho, por exemplo, recebesse ofertas dessas era alvo de um processo disciplinar, de certeza.
Bjos da Sílvia

Zé Marreta disse...

Corrupção pura!

Saudações.

Pata Negra disse...

Tanto chapéu para tão pouca cabeça! A lei dos 150 euros terá, como todas, as suas excepções! Eles fazem as leis sempre com as ressalvas que os protegem a eles!
Um abraço de boina

LopesCa disse...

Ui eu acho que infringe :)