terça-feira, fevereiro 21, 2012

O MOTA VAI DE LAMBRETA

Soube-se que existe um calote de centenas de empresas, por lay-off e rescisões ilegais. O calote à Segurança Social é de 10, 658 milhões deeuros e envolve 481 empresas.

Todos nos recordamos da pressa do ministro Mota Soares em “obrigar” os beneficiários de prestações sociais indevidas a devolver as quantias recebidas, sem qualquer preocupação pelas situações humanas envolvidas, chegando mesmo a dizer que por muito pequena que fosse a pensão, o dinheiro tinha que ser devolvido.

O caso das prestações sociais recebidas indevidamente não foi da responsabilidade dos utentes da Segurança Social, mas sim dos serviços, mas o justiceiro entendeu actuar com a celeridade correspondente ao seu carrito de serviço, já neste caso de informações incorrectas sobre o lay-off e rescisões ilegais, parece que prefere ir de lambreta.

Serão simples saudades, falta de gasolina para a bomba de serviço, ou tão só cobardia, porque com os pensionistas era tudo mais fácil?

FOTOGRAFIA
By Mark Kay

3 comentários:

São disse...

Mota tem que extorquir o dinheiro dado indevidamente para o oferecer às suas adoradas Instituições Privadas de Solidriedade Social, mesmo quando comprovadamente roubaram!!

Um abraço

Anónimo disse...

Ser forte com os fracos e fraco com os fortes é uma característica dos cobardes, meu caro.
Bjos da Sílvia

elvira carvalho disse...

Claro que a ultima será a primeira nesta questão.
Um abraço