quarta-feira, janeiro 25, 2012

DESTA NÃO GOSTARAM...

O governo português e os grandes do mercado da distribuição ficaram todos contentes com as reformas laborais com que brindaram a maioria dos portugueses, alardeando-o sem qualquer pudor perante a troika e perante os parceiros europeus.

Todos sabemos que os problemas de competitividade e de produtividade do país não residem no factor trabalho, e que esta toda a ofensiva que penaliza quem trabalha, conduz a curto e a médio prazo a uma depressão económica, causado pela diminuição dos salários e pelo factor incerteza que não se pode negligenciar.

O governo tem dito muitas vezes que não existem outras opções, e que o caminho seguido é inevitável, mas as coisas não são assim. O problema da nossa economia não se resolve penalizando mais quem trabalha, mas pode ser solucionado acabando com as ajudas a certos operadores privados que estão em sectores com privilégios injustificados, e esses estão perfeitamente identificados.

Encher a boca com a palavra liberalização e continuar a distorcer os mercados falseando a concorrência, tem sido a palavra de ordem, mas parece que a OCDE decidiu abrir a boca e dizer que mais do que cortar em salários, o que importa mesmo é cortar na protecção de certos sectores privados que não gostam de verdadeira concorrência, e são dos mais poderosos deste país.


FOTOGRAFIA

CARTOON
A caridadezinha

6 comentários:

roskoff disse...

nã as ditas não dependem do custo do trabalho

mas na energia nã dá pra mexer porqué toda de importação excepto quando chove e se tem 60 e tal e é do sul
adeve ter reparado que só choveu 2 vezes desde o Dezembril e este foi seco

e aqui no sul nem rios de jête nem barrages pra encher (alqueve excluso )

ódespois preço das matérias primas qué pago em moeda forte
e a nossa desceu 10% desde há uns meses

logo...come dezia o ôtre
tás a ver tás a ver (Big Brother 1 algures século XXI? ou foi no XXº nã mealembro só vi duas vezes afora os noticiários

(país (con dado)do big brother desde 1111)

gostei nã disse...

o tempo tá tão seco quisto inda seca mais...

é como o cavacóide que nunca fez uma reforma enquanto tinha o phoder absoluto

nã foi o únique

e como as coisas vão nem estes as conseguirão fazer

o qué pena pra quem fica vivo..

prós que vão quinar este ano acho que tanto se lhes dá...

Anónimo disse...

Eles já compraram muitos políticos por isso continuarão à sombra do chapéu do Estado.
Lol

AnarKa

São disse...

Em Prtugal , só os trabalhadoes e quem está no desemprego pagam o custo das asneiras alheias.

Os empresários e gestores são todos de óptima qualidade e , por isso, estão isentos de sacrifícios.

E ainda temos um idiota chamado cavaco que uns quantos, ainda mais idiotas, têm elegido para tudo!!!

Abraço

Pata Negra disse...

Tanta coisa que se diz e que se faz que a TV não pode passar!
Um abraço atento

Campista selvagem disse...

UM PAÍS UM PRESIDENTE UM BANDO DE MAFIOSOS...
aLGUÉM É CAPAZ DE INUMERAR UM POLITICO QUE TENHA SAIDO DE MÃO A ABANAR, NO ENTANTO TODOS CONHECEM OS QUE SAEM RIQUICIMOS, UMA VERGONHA, NENHUM FOI AINDA CONDENADO, SOMOS MESMO UM POVO DE BRANDOS CUSTUMES.