sábado, novembro 26, 2011

OS CONVENCIDOS DA VIDA

Todos os dias os encontro. Evito-os. Às vezes sou obrigado a escutá-los, a dialogar com eles. Já não me confrangem. Contam-me vitórias. Querem vencer, querem, convencidos, convencer. Vençam lá, à vontade. Sobretudo, vençam sem me chatear.

(…) Convencidos da vida há-os, afinal, por toda a parte, em todos (e por todos) os meios. Eles estão convictos da sua excelência, da excelência das suas obras e manobras (as obras justificam as manobras), de que podem ser, se ainda não são, os melhores, os mais em vista.

(…) No corre-que-corre, o convencido da vida não é um vaidoso à toa. Ele é o vaidoso que quer extrair da sua vaidade, que nunca é gratuita, todo o rendimento possível. Nos negócios, na política, no jornalismo, nas letras, nas artes. É tão capaz de aceitar uma condecoração como de rejeitá-la. Depende do que, na circunstância, ele julgar que lhe será mais útil.

Para quem o sabe observar, para quem tem a pachorra de lhe seguir a trajectória, o convencido da vida farta-se de cometer «gaffes». Não importa: o caminho é em frente e para cima. A pior das «gaffes», além daquelas, apenas formais, que decorrem da sua ignorância de certos sinais ou etiquetas de casta, de classe, e que o inculcam como um arrivista, um «parvenu», a pior das «gaffes» é o convencido da vida julgar-se mais hábil manobrador do que qualquer outro.

Alexandre O'Neill


CARTOON

PINTURA

6 comentários:

Pata Negra disse...

Eh!Eh! Esse mercedes faz-me lembrar o meu! Julgam-me convencido por andar num mercedes! Ora! Eu tenho um mercedes porque não me dou com os carros novos ou usados! Citando um amigo meu, "há três espécies de carros: os novos, os usados e os mercedes".
Há mercedes de todas as idades e para todas as carteiras, é o verdadeiro carro do povo!
Um abraço a contas com a vida e com o preço do gasóleo mas de mercedes

Anónimo disse...

Por aí há muitos convencidos que julgam ter o rei na barriga, que não passam de de palermas que sem o respaldo do dinheiro ou a protecção do poder nunca passariam de pobres diabos.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...

Ia-me esquecendo de mencionar o soberbo galo do Miro que está aqui a matar.
Bjos da Sílvia

BlueShell disse...

Muito bem e muito oportuno...de convencidos quero distância como referi há 2 posts atrás...irra!!
Imagens muito boas...
BShell

maceta disse...

alguns são tão convencidos que não se convencem de de que ninguem lhes liga peva...
dão vontade de chorar ( a rir)


abraço

LopesCa disse...

Infelizmente há muitos aí :s