quinta-feira, fevereiro 03, 2011

A JUSTIÇA

Um dos valores que é fundamental para que se viva em Democracia é a Justiça. Quando se fala em Justiça, com um “J”, fala-se numa Justiça eficaz, célere e ao alcance de todos.

Nos dias que vivemos assistimos todos os dias a casos caricatos da nossa Justiça, que não sei se devam ser atribuídos a quem pratica a dita, ou se ao deficiente articulado das leis que nos regem.

No caso da Casa Pia temos assistido a um circo mediático em que já se percebeu que vai tudo dar em águas de bacalhau, e não tarda teremos os acusados a exigir chorudas indemnizações e algum advogado de nomeada a afirmar que nunca houve ninguém abusado.

O caso Portucale chegou agora à barra dos tribunais e os acusados atiram já as culpas para o Estado, apesar de nenhum dos responsáveis políticos à época dos acontecimentos ter sido sequer acusado.

Por último temos o caso Bragaparques em que Ricardo Sá Fernandes passou de acusador a acusado, mesmo sendo óbvio que foi alvo de uma tentativa de suborno por parte do responsável da empresa em causa.

Podem atirar-me com todos os preceitos legais que justificam isto tudo, que não alteram a minha certeza de que tudo isto em nada abona a favor da Justiça que os portugueses gostariam de ter.

FOTOGRAFIA




CARTOON

6 comentários:

zeparafuso disse...

Assim vai a nossa justiça. A JUSTIÇA, que todos esperamos....não vai chegar nestes anos mais próximos. Casa Pia, Bragaparques, Apito Dourado, BPN, BPP, Freeport...tudo casos para as gavetas, para cairem no esquecimento. Quando algum dos acusados sentir que poderá, por alguma remota possibilidade, vir a ser tocado ( condenado? )vai até Cabo Verde, está por lá uns tempos e quando voltar já foi tudo esquecido.

Anónimo disse...

Justiça para ricos e penas para pobres, é o que temos! Eles não querem ir presos, LOL

AnarKa

Kruzes Kanhoto disse...

A nossa justiça é espectacular. Perguntem a qualquer meliante, rico ou pobre, que ele confirmará.

Cata- Vento disse...

Assino por baixo o que acabas de dizer. A justiça devia ser como o sol que quando nasce é para todos. Mas aqui não há mão humana!

Bem-hajas!

Abraço fraterno

São disse...

As fotos estão fascinantes. A justiça em Portugal está mal cheirosa ...

Um bom fim de semana

LopesCa disse...

Já nem posso ouvir falar do caso da Casa Pia :s