quarta-feira, fevereiro 09, 2011

IMPOSSÍVEL IGNORAR

Há notícias que nos deixam revoltados e à beira de um ataque de nervos. A sociedade está completamente à deriva, tendo apenas uma certeza que é a da inoperacionalidade das suas instituições políticas.

Saber que a banca portuguesa pagou menos 54% de impostos que no ano anterior, para um montante de lucros muito idêntico, leva-nos a pensar se os políticos são ingénuos, ou se pensam que os cidadãos são burros.

Numa altura em que os portugueses são obrigados a um esforço enorme, traduzido em aumentos de impostos (reais) e em cortes salariais efectivos, como explicar que os bancos que estão a ser apoiados pelo Estado, paguem menos impostos do que anteriormente.

Outra notícia que não pode passar despercebida é a da destruição de parte dos dados do tráfego telefónico de Armando Vara e de outros envolvidos no caso Face Oculta, por parte da operadora, TMN, já depois de os mesmos terem sido pedidos.

Talvez haja quem acredite em ingenuidades e em coincidências, mas serão muitos mais os que nisso não crêem, e para quem se torna cada vez mais evidente que há cobertura nuns casos e favorecimento noutros, o que torna cada vez mais insustentável o status quo existente.



O Festim

4 comentários:

Anónimo disse...

Continuem a votar nesta corja e depois queixem-se. Política agora é falta de vergonha ecarreirismo.
Lol

AnarKa

Pata Negra disse...

Eles pensam e eu também, que os cidadãos são burros.
Um abraço do porco que falata debaixo da mesa.

Zé Marreta disse...

Talvez exista uma boa razão para o facto dos bancos aumentarem lucros e diminuirem o pagamento de impostos. É preciso escoar políticos que deixam as cadeiras do poder...

Saudações do Zé Marreta.

Cata- Vento disse...

Inexplicável, insustentável, inacreditável...


Bem-hajas, amigo!

Abraço fraterno