sexta-feira, outubro 22, 2010

PREOCUPAÇÕES SOCIAIS

Uma boa parte dos cortes anunciados na despesa pública advém dos sacrifícios impostos aos funcionários públicos, e goste-se ou não, os empregados no sector privado e o patronato ficou feliz com o facto.

À primeira vista até se podia julgar que o mau estado da nossa economia está directamente ligado ao nível de salários praticados na função pública, e nada mais. Confundir os salários do trabalhador que foi admitido por concurso e que progride na carreira com a normalidade estabelecida legalmente, com o quadro que é nomeado por via da confiança política e que só presta contas perante o superior hierárquico, que é um qualquer político conhecido, é de um simplismo patético.

Considerando que com a diminuição dos salários na FP também os descontos serão menores, para IRS e para a Segurança Social, não admira que isso já esteja previsto na colecta de impostos, e aqui a relação é directa.

Lamentavelmente é no sector privado, o tal que é virtuoso e o único que produz, na voz de muito boa gente, que mais se escapa aos impostos. Eu sei que é assim, e todos o sabem também, mas não gostaria de generalizar, porque é feio. Para elucidar os que agora devem estar zangados comigo, aconselho a leitura das declarações do Presidente da CIP, que sem entrar em detalhes, “diz que é possível reduzir custo dos salários”. É muito edificante.



««« - »»»
Fotografia - Ruína
Escada decrépita


««« - »»»
Humor Variado
Que rico par

A Lenda

5 comentários:

Pata Negra disse...

Enganam-se o que os pensam que ficarão melhor com o mal dos outros. A crise quando nasce, nasce para todos. Excepto do que estão à sombra.
Muda o nome ao blogue, este Zé Povinho não descose e vai no engodo dos "cip'es", belmiros, sócrates, passos e que mais e - o resultado nem sequer ainda está totalmente à vista, isto está do pior mas ainda pode piorar muito mais!

Um abraço descontente com o Zé que não tu

elvira carvalho disse...

O povo não vai ficar melhor seja funcionário publico ou privado. Tira-se o pão a quem tem fome para se manterem os carros topo de gama, as viagens, e os ordenados chorudos de meia dúzia deles e dos seus amigos e dos amigos dos amigos, e toda essa corja de vampiros.
Um abraço e se possível um bom fim de semana

Anónimo disse...

A escravatura xuxalista em marcha. Quem votou nesses crápulas?
Lol

AnarKa

tulipa disse...

Só hoje pude voltar a fazer um post, mas tive que fazer de uma forma como "NUNCA antes tinha feito"...
isso originou que eu não posso escolher o tipo de letra, justificar o texto,
escolher a cor da letra, enfim...
um sem número de diferenças que não me agradam, de todo.

Quem sabe, não será este o ponto de partida para eu "desistir" da blogosfera...

Peço desculpa a quem me visita, se a aparência do post não for a mais aceitável, mas...muito sinceramente, não consigo fazer melhor.

AMIGO ZÉ
cheguei a Portugal e vi tanta "porcaria" que deu-me logo vontade de reagir e fazer dezenas de posts sobre tudo o que acho uma vergonha; no entanto, pensando bem, eu vinha tão bem das minhas férias, para que me iria irritar com quem não merece...por isso te digo, desculpa, mas não comento nada sobre política.
Bom fim de semana.
Abraços outonais.

Vieira Calado disse...

O queijo?

O queijo comem eles!

Forte abraço