sexta-feira, setembro 18, 2009

A LEI DO FUNIL

Eu manifestei a minha estranheza quanto ao caso da apreensão dos 3 monovolumes da campanha do PS, apanhados com janelas tapadas por propaganda eleitoral contrariando as características do livrete dos respectivos veículos. Foi um caso curioso, mas não terminou com a punição prevista legalmente, nem demorou o longo tempo que habitualmente demoram a resolver casos desta natureza.

Ao final do dia já os carros estavam de novo a circular, as multas tinham sido levantadas, e nem os procedimentos policiais foram cumpridos à risca, e a “explicação” que chegou à comunicação social referia apenas que as viaturas estavam ao serviço e no exercício das liberdades democráticas.

Para juntar à curiosidade do caso, fica ainda a coincidência de serem viaturas ao serviço do partido ainda no governo, as tais que ao serviço das liberdades, beliscaram (pelos vistos sem qualquer gravidade) as leis em vigor.

Alguém me explica como é que é possível alegar uma coisa destas para “safar” multas de trânsito?

Liberdade de expressão? Esta não lembra a ninguém senhor engenheiro!...



*** * ***
FOTOGRAFIA
Modestija

*** * ***
CARTOON
Turcios

Nilton

6 comentários:

Marreta disse...

Essa é boa! Da próxima vez que levar o meu "charuto" à inspecção, vou colocar um cartaz do pára-brisas com "ao serviço e no exercício das liberdades democráticas."

Saudações do Marreta.

Luís Neves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pata Negra disse...

Qual é destino daqueles carros depois da campanha?!
Um abraço curioso

ana p roque disse...

Neste país,actualmente,já nada me espanta.
Sinceramente,está um caos,nem sei se é a Lei do Funil,se é a Lei da Rolha.
A canção dizia:Eles comem tudo e não deixam nada.
Estes fazem tudo e não pagam nada.O carro do Pinto da Costa,não obedeceu á ordem dada pelo policia,atropela o repórter fotográfico,no fim a própria policia ainda põe panos quentes para abafar a situação.
Não sei que adjectivo dar a este governo,cada um que veio nestes ultimos anos,foi pior que o outro.
Nem com eleições isto lá vai.

Como sempre,belas fotos e cartoons.

Bom fim de semana.

Abraço

Veroca disse...

Olá, é engraçado que mudando as siglas do partido e o lado do oceano, leio coisas nos blogs daí que me soam tão tão familiares por acá.... Mas por pior que seja, ainda é melhor que democracia ausente. Ah esta democracia, uma obra sempre a construir... quanto nos desalenta por vezes. Mas, pelo menos eu penso assim, é como a saúde. Sentimos falta se a perdemos. Uma semana boa a ti, gosto deste seu espaço, rio das charges, aprecio as fotos, reflito com os textos. Saudações da terra brasilis.

Graça Pereira disse...

Eu sabia que andavas ocupado nas "campanhas eleitorais"...metendo o bedelho como sempre!! A lei a que te referes ( a do funil) é imensamente utilizada por cá..aonde foi que eu já a vi aplicada??Não me lembro...Só vejo funis por todo o lado... Vai contando mais coisas mas, por favor, não fales mais nesta lei... Um resto bom de domingo e um abraço Graça