terça-feira, setembro 29, 2009

GOVERNABILIDADE

A vitória obtida pelo PS nas legislativas, apesar das palavras de alguns que a classificam como “grande”, “clara”, e “expressiva”, parece estar ameaçada pela “ingovernabilidade”, nas palavras de outros, socialistas incluídos.

Embora eu tivesse preferido que Sócrates tivesse sido afastado do poder nestas eleições, sei que ele terá que ser convidado, por direito, a formar governo e que o deverá tentar.

Fiquei algo espantado com as palavras de João Cravinho, uma figura de relevo do PS, afirmando claramente que “o PS foi «afortunado» ao vencer as legislativas de domingo, beneficiando também do facto de Ferreira Leite, presidente do PSD, ter dado «tiros de canhão no seu próprio pé», o que é exactamente o mesmo que eu penso (mesmo detestando MFL), para concluir que o próximo governo só deverá durar cerca de dois anos.

O que fiquei a saber agora, é que se pretende atirar a responsabilidade do “problema” que parece vir aí, para os votantes, quando o “problema” devia estar do lado dos partidos e dos seus dirigentes, afinal os únicos que “voluntariamente” se apresentaram a sufrágio, sendo os únicos que podiam ser escolhidos.

Começo a ficar farto de tanta irresponsabilidade na política, e de desculpas esfarrapadas para a incompetência demonstrada por quem nos tem governado. Não me esqueci de ter ouvido Sócrates afirmar que tinha “errado” na Cultura, depois não sei se alguém o viu corrigir a mão, porque eu não vi nada.



*** * ***
FOTOGRAFIA
They'll leave him by Taylie

*** * ***
CARTOON
Contribuição do Goraz

6 comentários:

LopesCa disse...

Adorei a FOTOGRAFIA de Outono
They'll leave him by Taylie

Ferreira-Pinto disse...

Tirando as atoardas sobre a ingovernabilidade vindas de vários quadrantes e a complicação de se saber se o copo está meio cheio ou meio vazio (a vitória do PS), a verdade é que provavelmente daqui a dois anos vamos estar a votos novamente.

Anónimo disse...

Antes de entornar o caldo precipitando eleições antecipadas, Sócrates vai mostrar a sua costela direitista e liberal, a menos que precipite tudo antes da eleições presidenciais, e parece que mesmo assim o PSD está mortinho por dar uma boa ajuda, substituindo a outra senhora antes do fim do mandato.
Lol

AnarKa

elvira carvalho disse...

Penso que o Sócrates, vai andar na corda bamba, ora baloiçando para a esquerda, ora para a direita, consoante os diplomas que queira passar. Entretanto esforçar-se-à por mostrar ao País por A+B que não pode fazer melhor por causa dos outros partidos. Isto até que ele tenha a certeza de ganhar novas eleições com maioria. Quando ele pensar que chegou o momento, ele próprio fará com que os outros partidos apresentem uma moção de censura que o fará cair e lhe dará força, para dizer ao povo na nova campanha, que não o deixaram governar. Sócrates conta essencialmente com a memória curta que parece ser apanágio do povo.
Isto é o que penso, mas é sabido que eu não percebo nada de politica.
Um abraço

São disse...

E como se tudo isto não sobrasse, Cavaco Silva ainda pegou fogo ao circo ontem!!

Fique bem.

Papoila disse...

Bela foto de Outono e um cartoon delicioso :)
Beijo