terça-feira, março 10, 2009

AS GRALHAS

Quem escreve com alguma frequência enfrenta um problema irritante que é a possibilidade de deixar passar as irritantes gralhas. Os correctores ortográficos são muitas vezes um empecilho, para quem como eu utiliza termos técnicos, geralmente em inglês.

Li no DN de ontem um artigo onde se falava da famosa gralha na palavra “colchões” que deu origem a comentários jocosos, que ficaram na história das revisões dos jornais de todo o país.

Porque o caso se passou bem perto de mim, convém esclarecer que o mesmo se passou no jornal Diário de Moçambique, e que a falta do “C” se verificou num anúncio inserido na caderneta do Concurso Marias de Moçambique, uma espécie de concurso de misses.

O concurso foi um sucesso, as cadernetas também e todos ficaram contentes com a “queda involuntária” do tal “C”, e que eu saiba o anunciante não fez qualquer reclamação.



*** * ***
FOTOGRAFIA
Talamus

Talamus

*** * ***
CARTOON
Benaji Naji

Hani Abbas

9 comentários:

ana p roque disse...

As gralhas,a língua Portuguesa
é muito traiçoeira :-)

cumps

elvira carvalho disse...

Com semelhante gralha secalhar o sucesso até foi maior...
Um abraço

Portaria ILEGAL disse...

José Eduardo dos Santos Presidente de Angola depositou uma coroa de flores na estátua do Camões não sem antes perguntar se ela estava à venda, conhecedor de como Portugal trata o seu Património o Presidente Angolano sugeriu a compra da Assembleia da Republica para lá instalar um campo de golfe, toda a comitiva aplaudiu a ideia e houve até quem emocionado aponta-se a Torre de Belém como o local ideal para a nova embaixada Angolana.

Meg disse...

Zé,

Mesmo passado tanto tempo, ainda se fala da "coisa", ahahahaha!!!

Adorei os cartoons.

Um abraço da Meg

São disse...

Também tenho uma estória mais ou menos jocosa e muito embaraçosa de um ofício enviado ao Tribunal, com gralha...
Saudações.

Isamar disse...

Eheheheh! Há gralhas que ,pela sua graça, ficam para sempre.

Um abraço

Bem-hajas!

Pata Negra disse...

Erros são diferentes de gralhas. As gralhas acontecem inadvertidamente e por vezes podem parecer erros! Fico incomodado quando isso acontece! Porém, por aqui, nos comentários, a velocidade e a postura com que escrevo não é de muitos cuidados! Que se lixe! O que é preciso é que a gente se entenda!
Dei mtos erros?!
Um abrasso certo

Anónimo disse...

Os colchões "gralhados" faltam neste país onde ser manso e submisso compensa.
Lol

AnarKa

Papoila disse...

Querido Zé Povinho:
eheheheh... lembrar-se desta 2gralha" numa alrura em que tem feito tanta falta o produto com o "c" caído...
Lindas as flores.
Beijos