quarta-feira, janeiro 21, 2009

QUASE DE REGRESSO

Estou quase de regresso, falta apenas mais um teste que espero seja o mais fácil. Hoje fiz uma breve pausa para relaxar e ler/ver as notícias.

A guerra da faixa de Gaza está, em estado de pausa, vamos ver se ele se aguenta durante muito tempo. O Obama já está em funções, vamos aguardar pelas primeiras medidas em concreto. Por cá o orçamento deixou de ser um documento que vincula um governo para se transformar num exercício de alterações constantes, o que é uma situação que deve agradar imenso a José Sócrates.

Antes que comece a ficar azedo, lendo outras notícias que deprimem qualquer cidadão, vou ver um filme, e depois vou para a caminha, que o sono retempera.

Até breve, amigos



*** * ***
FOTOGRAFIA
Andrey Rаzoomovsky

Andrey Rаzoomovsky

*** * ***
CARTOON
Alireza Zakeri

Carlos Latuff

9 comentários:

Pata Negra disse...

Então Zé do Manguito - e a propósito do encerramento da fábrica Bordalo Pinheiro, nada?!
Diz-me ao menos que raio de lembranças é que eu hei-de oferecer aos meus amigos quando fazem anos?!
Um abraço desprendado

Anónimo disse...

Boinas verdes, gostei desse filme, e a música também pegou na época. O mais interessante vem com "a fruta" que faz sempre bem à saúde, e por isso a apresentação é do melhor.
Lol

AnarKa

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDO ZÉ, BELA POSTAGEM... ADORO SEMPRE OS BONECOS FOTOS ETC.
QUANTA Á POLÍTICA ANDAMOS EM BANHO MARIA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Jorge P.G disse...

Enganei-me no "piso" e deixei no andar de baixo o comentário que era para aqui.

Bom êxito nas provas!

Abraço.

polidor disse...

vê lá é se passas nos testes e se acabas o curso porque este país é das grandes oportunidades.

abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé Povinho

Estou a ver que o teu sono vai ser retemperado por imagens sensuais a ver pelos dois primeiros cartons. Bom, sempre é melhor deixar o pensamento voar por outras paragens para não sermos constantemente confrontados com o agravamento das condições de vida da grande maioria dos portugueses enquanto outros vivem refastelados no paraíso da impunidade e da corrupção.

Dorme, Zé Povinho e tem bons sonhos. Mas quando acordares vem novamente fazer ouvir a tua voz. Fazes-nos falta.

Abraço

Cata-Vento disse...

Descansa Zé, dorme, retempera as energias perdidas e assim que puderes, volta. Aguardo-te!

Beijinhos

Bem-hajas!

Papoila disse...

Querido Zé Povinho:
Sossega então Zé Povinho e sonha com as meninas da fruta. Adoro uma boa talhada de melancia, não consigo fazer essa chafurdice, mas é invejável...
Muitos êxitos!
Beijos

elvira carvalho disse...

A saúde debilitada de meus pais, ele internado no hospital onde foi amputado a uma perna, ela em casa, mas totalmente dependente, teem-me impedido de visitar os amigos virtuais e reais.
Um abraço e uma boa semana