quinta-feira, dezembro 18, 2008

RAPIDINHAS

Hotéis de charme – Não sei se por fuga de informação ou intencionalmente, o projecto de entregar parte do Mosteiro de Alcobaça a um privado foi anunciado na SIC com todas as letras, antes mesmo da lei que eventualmente o podia permitir, estar publicada. Não sei se a indiscrição saiu do executivo do senhor Sapinho, ou do gabinete de Pinto Ribeiro, mas foi um acto muito infeliz. Sabe-se, e a televisão voltou a fazer eco disso, que o que não faltam são palácios e quintas senhoriais por esse Portugal fora, a bons preços, e que podem ser utilizadas para esse fim, o que não há é empresários dispostos a investir.

Crise especulativa – Parece que as instituições financeiras portuguesas são das que mais apostam em produtos de qualidade duvidosa, apesar das nossas reduzidas dimensões. Existem maus produtos por aí? Portugal primeiro diz que não tem, ou não sabe, depois lá aparecem uns quantos, depois é um grande buraco. A propósito de buraco, o aumento de capital anunciado para CGD, pelo seu montante, cobre apenas as perdas resultantes da “nacionalização” do BPN.



*** * ***
FOTOGRAFIA
Гиппеаструм

Front and Back by *Marsille

*** * ***
CARTOON
Por aqui tudo porreiro, pá! Por Henrique Monteiro

O opositor por Henrique Monteiro

13 comentários:

São disse...

As ilustrações estão excelentes, rrrrsss

Bem, ´pelos vistos não interpretei mal aquando vi a nova num outro blogue: pretendem fazer um hotel nas instalações do mosteiro de Alcobaça!!!

A fuga não me interessa, o que rewprovo totalmente é o projecto!!!

Para si e para quem desejar , um excelente 2009, sereno Natal e boas festas.

O meu abraço.

Ferreira-Pinto disse...

Um hotel de charme onde?
No Mosteiro?

E a seguir uma casa de alterne em S. Bento?

Sophiamar disse...

A jangada está à deriva. Até quando?

Beijinhos

Anónimo disse...

Eu também li a notícia no teu amigo Guardião, e confesso que não fiquei admirada, porque eu até o tinha alertado para outros casos idênticos, de património cobiçado.
Dizes bem, que não há quem queira investir nos hotéis de charme, mas há muito quem queira que o Estado invista e eles ficam apenas com a gestão do espaço, que é o que está a dar.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...

concordo com o pinto... a seguir uma casa de putas em s.bento

polidor disse...

ainda se "enganam" e vendem o Mosteiro dos Jerónimos...

Papoila disse...

Querido Zé Povinho:
Um hotel no mosteiro de Alcobaça?????
Inacreditável e deixa-me indignada!
As flores maravilhosas como sempre.
Beijos

Anónimo disse...

Por acaso, mas é mesmo só por acaso, foi-se alternando por S. Bento, nestes últimos anos, mas não há garantias de que o actual dono de lá queira sair nos próximos tempos.
Lol

AnarKa

joshua disse...

Em Portugal calam-se muito caladinhos até a bomba estourar e as vítimas chorarem nas TVs de indignado prejuízo.

Abraço
joshua

Jorge Borges disse...

Vender o património cultural, desta forma, devia ser muito bem regulamentado. Especialmente para que este fosse devidamente valorizado.

Um abraço

Mário Relvas disse...

Que o Natal seja amigo e solidário.

Que o ano de 2009 conserve a saúde, a amizade e a capacidade de acreditar e continuar a esperança.

Tiago R Cardoso disse...

que "grandes" momentos...

Feliz natal.

o escriba disse...

Aqui pelos meus lados algarvios, dir-se-ia perante uma notícia dessas: "Está o mundo perdido e chove como na rua!".

Um Natal cheio de alegrias e saúde.
Um abraço
Esperança