terça-feira, dezembro 16, 2008

PODIAM EXPLICAR MELHOR?

As tarifas da electricidade vão subir 4,9% em 2009, segundo a proposta aprovada pelo Conselho Tarifário da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Quando os factores de produção, nomeadamente os combustíveis fósseis, baixam de preço, e o ano hídrico tem sido bastante favorável, especialmente a partir de Novembro, o anúncio parece algo estranho. Devo dizer que Vítor Santos, presidente da ERSE, já tinha anunciado os aumentos em 22 de Outubro.

Pelos vistos, e basta ler a notícia, os aumentos estavam decididos há muito tempo, e a ERSE, pelas palavras do seu presidente, Vítor Santos, questionou na altura a necessidade de regulação no mercado de combustíveis em Portugal. Diz este dirigente que, a manter-se a garantia de que não há cartelização entre as petrolíferas, não é necessário um regulador. Eu julguei que Vítor Santos se tinha demitido, mas afinal não!



*** * ***
FOTOGRAFIA
zwaan by *catygraf

Lone Goose by *mammothhunter

*** * ***
CARTOON
Cal Grondahl

Bob Englehart

12 comentários:

São disse...

Venho tão só para lhe desejar alegres festividades, Natal de paz e u excelente 2oo9 , meu caro Zé.
Claro que em companhia de quem o ama.

Um abraço grande.

A. João Soares disse...

Não se demitiu? O anterior, Jorge Vasconcelos demitiu-se e ficou a receber mensalmente, uma grossa quantia, embora tivesse saído por sua livre iniciativa. Este também pode pensar em sair, em iguais condições, e depois arranja outro tacho.
Numa ditadura estes serviços não precisam de se explicar. Não têm concorrentes e fazem o que querem para pagar bem aos administradores ali colocados pelo governo, como paga por «sacrifícios» anteriormente feitos em benefício de Portugal!!! Querem que assim interpretemos estas poucas vergonhas de colocações sem concurso público.
Abraço
João

Tiago R Cardoso disse...

não percebo a regulação em alguns sectores e a falta de regulação noutros...

elvira carvalho disse...

Os combustíveis sobem, aumentam os transportes, a electricidade, o pão e outras coisas mais. Os combustíveis descem, aumentam os transportes, a electricidade o pão e outras coisas mais. Dá vontade de perguntar: Para que se servem da desculpa os combustíveis.
Um abraço e boas festas

Miki disse...

Olá Zé, estou passando só para te enviar um beijinho de agradecimento pelas tuas visitas e dizer-te que é sempre um prazer passar por este teu sitio tão sheio de nuances.
beijito

Sophiamar disse...

Amigo Zé

Desejo-te um Santo e Feliz Natal com saúde e que continues a fazer este bom serviço na blogosfera. Além do interesse com que te leio fico mais informada sobre o que se vai passando neste cantinho à beira-mar plantado.

Bem-hajas, Zé!

Um grande abraço

Ludo Rex disse...

É só trapalhada...
Abraço

Anónimo disse...

O pessoal refila pouco e os gajos "comem" até se fartarem. Se um dia começarem a incendiar uns carritos, uns bancos e ministérios, talvez abram a pestana. Eu como sou pacifista, só advogo a retirada em massa dos depósitos dos bancos privados, um de cada vez, e vão ver o que é tremideira por aí.
Lol

AnarKa

marreta disse...

Segundo o Van Zeller as tarifas deviam aumentar entre 30 a 40%!...

Saudações do Marreta.

Papoila disse...

Zé Povinho:
E é um aumento superior ao do país vizinho... estes artigos são sempre oportunos...
Beijo

Pata Negra disse...

Esta coisa das empresas/sectores de interesse público, privatizados em nome da concorrência e dos interesses "capitalistas" ("capitalistas" sem pudor ou medo da palavra) descambou aqui, na afronta dos preços. Seja Galp, seja Edp, seja Pt, aí tem o Povinho Zé o resultado da sua conivência com uma certa ideia de que "o que é privado é bom - o que é do estado não presta".
Para mim está tudo bem, estou preocupado é com o preço do azeite, está-me a ficar cara a luz da candeia!
Um abraço num país lorpa e enganado

polidor disse...

a dívida é antiga...andam sempre a arranjar caldinhos para entalar a rapaziada...