terça-feira, dezembro 02, 2008

LEVE

LEVE

Leve, leve, muito leve,
Um vento muito leve passa,
E vai-se, sempre muito leve.
E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.

Alberto Caeiro

*** * ***
FOTOGRAFIA MANIPULADA
vividlight

vividlight

*** * ***
CARICATURAS

Autor Achille Superbi

10 comentários:

Pata Negra disse...

Leves? Alguns pesados! Levem-nos de cima de nós!
Leva um leve abraço

São disse...

Mais um estupendo post.
Satisfaça-me a curiosidade: onde arranja as caricaturas?

Boa semana, meu caro.

Anónimo disse...

O bom gosto fica aqui bem espelhado, na escolha de Pessoa e nas imagens que continuam a ser do melhor que se encontra nos blogues.
Bjos da Sílvia

Violeta disse...

de leveza é do que precisamos...

Tiago R Cardoso disse...

Eu gostei, bom post.

C Valente disse...

Muito bem apanhado
Saudações amigas

Meg disse...

Amigo Zé,

...E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.


Nem eu!

Adorei os teus "bonecos".

Um abraço

Ruth disse...

I recently came across your blog and have been reading along. I thought I would leave my first comment. I don't know what to say except that I have enjoyed reading. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.


Ruth

http://www.infrared-sauna-spot.info

Anónimo disse...

Da leveza do ser e do sonho, à triste realidade do dia-a-dia, vai um longo caminho de decepções e de raiva.
Lol

AnarKa

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé Povinho
São leves e leva-as o vento as esperanças nesta gente que nos desgoverna.
O mesmo não direi deste espaço. É sólido de convicções.
As imagens são muito boas. E Caeiro é dos meus preferidos.

Abraço