sábado, novembro 01, 2008

ASSIM VAI O MUNDO

Como vou ter muito trabalho no sábado e no domingo, o meu humor não é dos melhores, mas também as notícias que nos chegam não contribuem em nada para melhorar o estado de espírito.

José Sócrates viaja pela América latina, e qual CEO da Microsoft, desata a distribuir computadores por políticos daquela zona, na maior campanha de marketing a que assistimos, do produto Magalhães além fronteiras. Desta vez não devem ser os operadores a pagar os brinquedos, mas sim o Zé, penso eu.

Também dentro de portas, lá surge a notícia da operação Furacão, e parece que havia por aí gente que tinha carradas de dinheiro na Suiça, que por vezes era transportado para Portugal por «carteiros do dinheiro», estes funcionários de bancos portugueses, que pelos vistos estavam a par da tramóia e eram coniventes no processo. Se o Furacão não diminuir de intensidade, transformando-se numa simples brisa, talvez saltem para a arena uns quantos nomes interessantes, e se crie um processo interminável como outros que a nossa Justiça já deixou passar sem castigos exemplares.

Em África lá nos chegam notícias terríveis do Congo, onde a mortandade nunca mais tem fim. Nos EUA as notícias giram em redor duma campanha cada vez mais suja, pelo menos segundo os padrões a que estamos habituados.

Se calhar é mesmo melhor ir trabalhar, e deixar de lado as notícias, a ver se o humor melhora, e ao mesmo tempo aproveito o tempo para ouvir música ou ler coisas mais interessantes.





*** * ***
CARTOON
Peter Broelman

Christo Komarnitski

Paresh Nath

11 comentários:

Pata Negra disse...

Bananas portuguesas na américa latina?! Não seria de esperar o contrário!?
Olhem-me só a figura que o homenzito anda a fazer!
Se calhar é mesmo melhor ir trabalhar, e deixar de lado as notícias, a ver se o humor melhora, e ao mesmo tempo aproveito o tempo para ouvir música ou ler coisas mais interessantes.

Um abraço magustogalhães

o escriba disse...

O homem agora é vendedor ambulante... Interrogo-me se o carregamento de "tostadeiras" que ele levou foi pago com o dinheiro dele.
Gostei das imagens.

Bom fim de semana
Um abraço
Esperança

elvira carvalho disse...

Depois da cirurgia, estou regressando aos poucos.
Um abraço e bom fim de semana.

Anónimo disse...

O caixeiro-viajante está na maior, viaja à nossa custa, dá presentes que nós pagamos e aproveita o quentinho que por cá o tempo anda ranhoso.
Lol

AnarKa

Tiago R Cardoso disse...

tens razão é preferível mesmo ir trabalhar ou fazer algo que nos faça esquecer estes "maravilhosos" momentos por que passamos.

Jorge P.G disse...

A História atravessa uma fase negra.
A falta de valores e de referências para os jovens é gritantemente perigosa e desoladora.
A mim tem valido o humor como escape. Pergunto-me, ainda assim, até quando.

Bom trabalho e um abraço do Sineiro.

Anónimo disse...

Pode ser que um destes dias ele vá e não volte. Eu estou a fazer figas para que isso aconteça.
Espero que o domingo de trabalho te distraia e que as notícias não te apoquentem.
Bjos da Sílvia

MAria disse...

..tb estou a trabucar (para mim) este fds Zé ;-)


Abraço

as-nunes disse...

Ó Zé, o Povinho é que está à nora com estas trapalhadas, acumuladas com a nacionalização (parece que já ninguém sabe explicar muito bem o que é uma nacionalização) do BPN.
Já não bastava a crise financeira mundial (diz que) ainda somos confrontados com vigarices de alto calibre como as que envolvem este dossier do BPN.
Vamos lá a ver o que é que os cracks da Alta finança portuguesa e dos empresários são capazes de fazer. Em tempo de vacas magras o que me pareceé que se encolhem e assobiam para o lado.

Sophiamar disse...

Isto está mau por todo o lado. Sair, emigrar, seria uma solução.
Mas já estou como o outro, saio do sal meto-me na salmoura.
Que a sorte nos bata à porta. Não é fácil com a crise que por aí grassa.

Bom trabalho.

Beijinho

Papoila disse...

Olá Zé Povinho:
Afinal o nosso PM falhou a vocação... devia ser vendedor ambulante...
Não me fale de mau humor...
Beijo