domingo, setembro 28, 2008

CONCLUSÕES E PROPOSTAS CURIOSAS

Ainda há poucos meses, antes da hecatombe que atingiu os mercados financeiros, seria impensável ouvir ou ler certas afirmações que agora começam a surgir da boca e da pena dos nossos analistas económicos.

Quem imaginaria ler António Perez Metelo a dizer que desde a era Reagan “… a redução dos impostos sobre os mais ricos passou a ser a marca de água de uma teoria que acredita ser necessário dar mais e mais aos ricos para que invistam mais, enquanto há que apoiar cada vez menos os necessitados para obrigá-los a trabalhar mais”, ou Daniel Amaral a dizer que “ … a redistribuição pode atacar-se desde já, pela via fiscal” propondo que se aumentasse 10% ao IRC pago pelas empresas e os transferíssemos para os salários dos trabalhadores (IRS)?

Eu suponho que quem tenha lido isto como eu, tenha ficado abismado, porque nunca os vi, antes da crise, colocarem estas ideias como propostas credíveis e aceitáveis. Pelo contrário, e eu leio-os com muita frequência mesmo que discordando quase sistematicamente com as suas análises, nunca os vi esgrimir estes argumentos, e logo com a convicção com que o fizeram na passada semana.

Nunca é tarde para se mudar de ideias, costuma dizer-se, mas lá que é curioso que tenham estas conclusões e propostas, habitualmente conotadas com sectores à esquerda do PS, isso não se pode negar.



*** * ***
Nota do Zé - Durante esta última semana tenho estado ocupado com actividades profissionais, e os textos e demais conteúdos têm sido fornecidos por amigos e colaboradores, a quem deixo os meus agradecimentos pela ajuda. Sem eles não me seria possível manter este espaço com a regularidade que justifique a sua manutenção.

*** * ***
FOTOGRAFIA


*** * ***
CARTOON
Yaser Ahmad

Jitet Kustana

15 comentários:

MARIA disse...

Olá meu querido amigo, nada podendo fazer para diminuir-lhe qualquer imposto, desejo-lhe pelo menos um domingo bem disposto.

Um beijinho sempre amigo

Maria

Anónimo disse...

Ainda hei-de vê-los a citar Marx se a situação piorar, podes crer Zé.
Lol

AnarKa

Pata Negra disse...

Os fundamentos das opiniões desta gente mudam com o vento. Já foram monarcas, republicanos, salazaristas, marcelistas, comunistas, socialistas, liberais, capitalistas sem nunca deixarem de serem burgueses.
Metê-lo é uma caricatura de si mesmo, um produto mediático do sócretinismo, um vidente charlatão como quase todos os economistas de renome: nacionalizem-nos!
Um abraço advinhando que a crise vai continuar

São disse...

Esta gentinha tem tanto de vergonha como de coerência, isto é, nenhuma!!
Feliz domingo, meu caro Zé.

Mia disse...

Colhi as flores, deixo-te um beijinho. A crise e os trambolhões soam.

LopesCa disse...

Quem tem amigos tem uma grande ajuda :)

A. João Soares disse...

Caro Zé,
Nos tempos que correm, é preocupação geral ser politicamente correcto, daí que as opiniões dos sábios enfeudados vá mudando conforme as directivas dos patrões que, neste caso, parece serem mundiais, tipo Bilderberg.
Mas este texto veio dar força à tese de que a crise é benéfica porque vai contribuir para profundas mudanças no mundo da finança. É necessário que os defensores das classes mais desfavorecidas saibam aproveitar a maré para forçarem o aparecimento de maior justiça social, melhor distribuição da riqueza nacional.
Os mais desprotegidos não podem ficar à espera que os ricos venha colocar-lhes numa bandeja a fortuna que justamente lhes pertence. Temos todos que agir para melhorarmos o nosso quinhão.
Abraço
João

Jorge P.G disse...

Para já uma palavra para o último boneco, que considero um dos melhores que vi nos últimos tempos.

Quanto às teorias dos analistas em causa, não me admiram dado que vêm de "funcionários do sistema".

Um abraço e bom trabalho.

elvira carvalho disse...

Como sempre um post muito oportuno.
Sei que está com pouco tempo mas deixo-lhe aqui um link que penso gostaria de ver.

http://www.rebelion.org/noticia.php?id=68474&titular=la-historia-de-las-cosas

Um abraço e uma boa semana

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Zé, belo texto, como é apanágio deste blogue, a restante postagem, lindíssima!...
Meu Amigo desejo-te uma noite com os Anjos e sonhos multicores... Boa semana Zé, deixo-te muitos beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Odele Souza disse...

Como sempre se vê bons textos e belas fotos por aqui. As de flores estão maravilhosas.

Deixo-te um abraço e o meu desejo de uma boa semana.

Ferreira-Pinto disse...

Como? Eles disseram e esceveram isso? Ou estão mesmo desesperados ou com uns copitos a mais ...

tulipa disse...

OLÁ XAMUAR

como gosto do teu sentido de humor!
como fico deliciada a ler-te...
sempre dizendo aquilo que deve ser dito, no momento oportuno.
És um querido.

Aproveito e convido-te a visitar o meu blog:
Momentos Perfeitos, pois participei num raid fotográfico e coloquei 2 das fotos que fiz.
Gostaria da tua opinião de bom fotógrafo, pode ser?
Adoro bosques e pinhais, adoro fotografar árvores.
MAR, água e sol, nuvens, tudo o que tenha a ver com a Natureza.

Boa semana.

Beijinhos.

Marreta disse...

Subscrevo a opinião do Pata Negra que, como suíno bem literado geralmente acerta sempre.

"Mudam as conclusões,
Mudam as propostas,
Todo a escumalha é composta de mudança,
tomando sempre as MESMAS
qualidades"

Saudações do Marreta.

Meg disse...

Amigo Zé,
Pois eu também fiquei abismada, o que vai sendo cada vez mais frequente infelizmente.
Acho que li bem o que escreveste, mas, pelo sim pelo não, eu volto para confirmar.

Um abraço