quarta-feira, agosto 06, 2008

RESPOSTA A PEDIDO

Não vou propriamente comentar o programa em directo feito pela RTP durante o dia de ontem, a partir do Largo Rainha Dª Amélia, fronteiro ao Palácio Nacional de Sintra, porque não o vi, e só soube alguma coisa porque mo disseram no café depois do jantar.

Não discuto gostos, por isso nem comento as “atracções” que me descreveram, nem o programa em si, mas acho que tanto o Ministério da Cultura como a RTP, podiam fazer muito mais e melhor para promover a zona histórica de Sintra, ou o Palácio da Vila onde decorreram as gravações.

Já afirmei aqui que o professor Hermano Saraiva fez mais pela divulgação do nosso património do que o ministério, e não retiro nada ao que disse, nem sequer algumas discordâncias quanto a alguns factos e às suas opiniões. Como sabem todos os que visitam o Património a cargo do Ministério da Cultura, em nenhum monumento ou palácio existe à venda um DVD que possamos comprar, que contenha uma resenha histórica, ou tão só uma vista comentada que possamos levar para casa e mais tarde rever. Porquê? Não sei.

Embora viva por estas bandas há relativamente pouco tempo, tanto quanto sei nunca houve uma recriação histórica de autos de Gil Vicente, ou da leitura de trechos dos Lusíadas, ou a saída para uma caçada real, ou a ainda a entronização de D. João II, isto só para falar de alguns exemplos do que se podia fazer no antigo Paço Real de Sintra.

Devo estar a delirar, tudo isso dá trabalho, necessita de ser planeado, requer alguma pesquisa, e isso é um obstáculo para quem está à frente dos destinos da Cultura.

Já devem ter percebido porque é que eu até preferia passar em branco o tal programa da RTP. Eu fico em regra bastante azedo quando se diz que um qualquer evento dá maior visibilidade a Sintra, ou a um dos seus monumentos, mas não se faz o que é óbvio e directamente ligado à sua História.



*** * ***
IMAGEM E EFEITOS
Syllia... by *Dianae
Umbrella Sky by blackeri

*** * ***
HUMANOS - UMA VISÃO DE MESTRE
Caloi/ Argentina
Caloi/ Argentina

5 comentários:

Pata Negra disse...

Pois é! Afinal Portugal está cada vez mais reduzido ao televisionável! O Tanas! 99,9% de Portugal não está à frente das câmaras, está atrás!
Um abraço sem TV

Isabel-F. disse...

rsss....

mas tua não sabes que a História de Portugal só começou no dia 25/Abril/74 ... do o resto para trás não interessa ...

beijinhos


p.s.: como sempre adorei os cartoons e fotos escolhidas

Anónimo disse...


Compreendo a tua indignação, e as lacunas a que aludes são gritantes. Programas destes não adiantam nem atrasam no que concerne à divulgação do património, mas o resto, o que realmente importa, isso dá trabalho e não tem nenhum mediatismo.
Bjos da Sílvia

Anónimo disse...

E nós pimba, e nós pimba!
Não sei se é elistismo ou saloice, mas o Roberto Leal?... Valha-nos um burro aos coices e dois aos pinotes.
Lol

AnarKa

Marreta disse...

Também não vi o programa, mas era capaz de apostar que as tais recriações históricas e os famigerados DVD's foram trocados por música pimba e outras fantochada tais.
Saudações do Marreta.