domingo, agosto 17, 2008

ATÉ SEMPRE...


Você já foi à Bahia?

(Dorival Caymmi)

Você já foi à Bahia, nêga?
Não? Então vá!
Quem vai ao Bonfim, minha nêga
Nunca mais quer voltar
Muita sorte teve
Muita sorte tem
Muita sorte terá
Você já foi à Bahia, nêga?
Não? Então vá!

Lá tem vatapá! Então vá!
Lá tem caruru! Então vá!
Lá tem mungunzá! Então vá!
Se quiser sambar! Então vá!

Nas sacadas dos sobrados
Da velha São Salvador
Há lembranças de donzelas
Do tempo do imperador
Tudo isso na Bahia
Faz a gente querer bem
A Bahia tem um jeito
Que nenhuma terra tem

14 comentários:

papagueno disse...

Calou-se a grande voz da Bahia. Até sempre!

Ludo Rex disse...

Foi-se o Mestre, ficou a Obra.
Um abraço

Savonarola disse...

Bem gostaria de conhecer a Baía... De fugir deste Portugal cada vez mais descaracterizado.

Um abraço anarquista

Um Certo Olhar disse...

A obra ficou e com ela a sua voz e o seu espírito para nosso deleite.
Beijinho

Anónimo disse...

Uma boa escolha musical, entre uma obra do autor que agora nos deixa.
Lol

AnarKa

Corações & Segredos disse...

Licença amigo,
vim conhecer seu recanto e amei a homenagem ao nosso imortal Poeta!
Desejo uma semana iluminada!
Carinho de RO!

adrianeites disse...

tb gostava de conhecer a bahia!

boa semana... e que tenhamos mais vanessas!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Não eu não fui à Baía mas é como se tivesse ido na voz de Dorival Caymmi.
Há pessoas que não morrem porque sempre deixam um rasto de luz atrás de si.

Abraço

Marreta disse...

Nunca fui à Baía, nem sequer ao Brasil, mas confesso que se há terra que me causa alguma atracção é mesmo a Baía.
Saudações do Marreta.

Pata Negra disse...

Estes homens que morrem e continuam a falar connosco, são o quê?
Um abraço mortal

Sill Pingo D'Água disse...

Os grandes mestres são eternos ...
Linda homenagem, ele merece.

Mia disse...

Foi-se o Homem,a voz permanece imortalizada, a obra também mas ficámos mais pobres.
Até sempre Dorival Caymmi!

Beijinho

São disse...

Ainda não fui, mas vontade não me falta, não!
Boa semana.

Tiago R Cardoso disse...

pelo menos teremos um enorme legado.