terça-feira, junho 10, 2008

PAUSA NA CRISE

Porque hoje é feriado, decreta-se uma pausa na crise. O Zé esquece os problemas, descansa com a família e prepara-se para, durante uns dias, entrar em serviços mínimos porque tem as baterias bastante descarregadas.

Aproveitem bem este dia, que por aqui até é de sol, e abram esses sorrisos, porque sorrir faz bem à saúde e atenua as rugas.

Eu volto, podem estar descansados.


*** * ***

FOTOGRAFIA

Prancing Pony by *Goodbye-kitty975

Visne by AsliKolcu

*** * ***

CARICATURAS

Duke Ellington por Baptistão

Amy por João Fazenda

10 comentários:

A. João Soares disse...

Desejo um bom repouso e completa recuperação das energias.
Tenha um bom regresso.
Abraço
João

Capitão-Mor disse...

O meu feriado preferido!

Abraço

MARIA disse...

Bom descanso. Um beijinho.

Anónimo disse...

O Zé Povinho a descansar? Que luxo meu, ao menos podias dizer que estavas a braços com falta de combustível...
Lol

AnarKa

Maria Faia disse...

Estimado Amigo Zé,
Durante o fim de semana não tive oportunidade de viajar pela blogosfera mas, hoje tirei uns minutinhos do meu trabalho para te vir deixar um olá, uma palavra amiga.
Até porque, na Amizade não há pausas....
Por vezes, sinto saudades vossas, dos(as) amigos(as) que por este meio criei. Por isso, aqui estou, deixando-lhe um beijo muito amigo.

Maria Faia

Papoila disse...

Então um bom descanso.
A crise continua... nem a selecção travou a corrida aos postos de gasolina.
Beijo

Sophiamar disse...

Descansa , Zé, mas volta que temos saudades tuas.
Participo, a partir de ontem, num blog colectivo.Passa por lá. Deixo-te o link mas encontras o selo no template do meu blog.
http://adlibitum2008.blogspot.com/

Beijinhos

São disse...

Então, que o repouso seja completo e feliz!
Cá o espero.
Bons sonhos.

Pata Negra disse...

Se Portugal tivesse perdido hoje, provavelmente o Sócrates amanhã demitia-se! Não aconteceu! paciência!
Um abraço de tudo por tudo pelo fim do socretinismo

Belzebu disse...

O fundamental é encarar as adversidades com «raça»...muita «raça»!!!

eheheh!! Aquele abraço infernal!