segunda-feira, abril 07, 2008

A POBREZA DA CULTURA

Tenho escrito aqui por diversas vezes, para irritação de alguns, que o Ministério da Cultura se encontra quase paralisado por manifesta falta de meios económicos e humanos, e que isso se reflecte negativamente em todos os sectores, mas muito em particular no Património onde a falta de manutenção conduz a situações de degradação que para a inverter serão cada vez mais onerosas.

Quando o novo ministro tomou posse e afirmou que queria fazer mais com menos dinheiro, a frase causou um grande mau estar no meio, porque significava um desconhecimento absoluto da situação, e dava um sinal errado sugerindo o desperdício.

A realidade, como quase sempre acontece, veio a lume e hoje é o próprio José António Pinto Ribeiro que se manifesta empenhado em elevar o orçamento do seu ministério para 1% ou mais do Orçamento de Estado. Pode parecer pouco, mas para este ano apenas foram consignados à Cultura 0,4%, um dos orçamentos mais baixos dos últimos anos.

*** * ***
FOTOGRAFIAS
robo

Roland

*** * ***

CARTOON

Vladimir Morozov (Movlann)

Vladimir Morozov (Movlann)

8 comentários:

ANTONIO DELGADO disse...

" QUERIA FAZER MAIS COM MENOS DINHEIRO".
é caso para dizer "temos homem"...verdadeiramente providencial.


Um abraço e boa semana.
António Delgado

Anónimo disse...

Omeletes sem ovos, só com artes mágicas, esse senhor devia saber isso.
Bjos Sílvia

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo Zé, lindo como sempre a tua postagem,
bem ao teu estilo... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Tiago R. Cardoso disse...

O problema é um Ministro cheio de força a dizer uns "chavões" e depois ve que a realidade é outra.

Anónimo disse...

Será que ainda trabalha para o Comendador Berardo, ou agora já é só ministro da cultura? Eu ando cá com umas dúvidas do caraças...
Lol
AnarKa

Capitão-Mor disse...

Falta de meios pessoais para trabalhar na área da cultura? O que não devem faltar são licenciados dessas áreas a quererem trabalhar.

Votos de uma boa semana!

Maria disse...

A Cultura não é precisa para nada (segundo eles)!!!! :-(


Bjs

tulipa disse...

Amigo Xamuar

Li-te com atenção; este foi o comentário que deixaste:
Não são agradáveis as notícias que nos trazes. Nunca estamos preparados para as despedidas, e resistimos sempre que alguém cuja companhia nos agrada pretende partir. O respeito pelas opções de cada um não nos impede de tentar, pois não? Um abraço do Zé
AMIGO, já me mudei para outro espaço, onde já lá foste dar-me as boas vindas...agora sou uma linda flor...já sabes quem eu era e quem sou agora?...Mistério!!!
Abandonar-vos, nem pensar. Tive que fugir dali por problemas vários, mas...agora estou aqui!!!
Não contes a ninguém o segredo, é só para nós(risos...)
Beijokas.