sexta-feira, fevereiro 15, 2008

O ECONOMÊS


CITAÇÃO

De cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades
Karl Marx
*** * ***

FOTOGRAFIA

Light Field by insane89

Close up by fahap

*** * ***

CARTOON

11 comentários:

Malabei disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Zé Povinho disse...

Malibei
Try it with someone else, I'm not joking.

Marreta disse...

Cresceu? Estranho, não dei por nada...
Saudações do Marreta.

José Miguel Gomes disse...

Cresceu? Estes indicadores não devem sair de um escritório, correcto? Não me parece que vejam o dia-a-dia que eu vejo... Mas tenho fé.

Fica bem,
Miguel

Tiago R. Cardoso disse...

Temos de reconhecer que cresceu, 1.9%, no entanto não se notou ao nível do cidadão que é o que interessa.

Papoila disse...

Zé Povinho:
Cresceu??? Gostei da citação, das fotos e o cartoon final é divino... profilaxia das varizes... lol...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé Povinho
Vou começar por realçar a frase de Marx. Efectivamente deverá haver uma igualdade de oportunidades por forma a que os mais aptos e os mais capazes ascendam aos lugares de topo. Verifica-se? Não.
Há licenciados com óptimas notas, em cursos e faculdades reconhecidos como do melhor que temos, desempregados, em caixas de hipermercados ou emigrados. Enquanto isso os filhos de certos senhores, que conhecemos, com cursos tirados em universidades duvidosas e às vezes mesmo sem os terem acabado, estão todos bem colocados.
Relativamente a cada um as suas necessidades é apavorante ver/sentir, observando de perto, este Portugal profundo com gentes privadas de muitos bens e serviços essenciais e políticos a brincarem ao faz de conta para nos fazerem crer que não há alternativas ao actual executivo porque o PSD ainda é pior e o resto não serve.
Adorei os teus cartoons que, como sempre, são excelentes.

Anónimo disse...

Cresceu??...este desgoverno delira de febre!!!

Bjs de bom fds :-)

MAria

Pata Negra disse...

Até acredito que a economia tenha crescido, que a criação de riqueza tenha aumentado, que existam mais portugueses a passar férias no estrangeiro, etc. etc.
Só que, como diz o Marreta, não notei nada. É precisamente neste diferendo que entra Sócrates, ajoelhada a uns e com o cu virado a outros!
Um abraço da crise

Ludo Rex disse...

Eu não lucrei, pelo contrário...
Um Abraço e Bom Fim de Semana

Meg disse...

Zé, até que enfim, consegui entrar.

Eu acho que há uma grande difeença entre o que eles dizem e o que o povo sente.
Lá está "ele"... o desemprego desceu mas aumentou - isso mesmo é o que acabo de ouvir.
Alguém entende?

Um abraço