segunda-feira, novembro 26, 2007

DESCONHECER, FORMALMENTE

A ministra da Cultura, segundo o semanário Sol, afirmou desconhecer formalmente qualquer interesse por parte do IMC no sentido de adquirir o quadro de Giovanni Tiepolo, Deposição de Cristo no Túmulo. Diz ainda a ministra que não está a par com todo o rigor nem do processo em relação ao quadro, nem sobre os montantes.
Claro que Isabel P. de Lima não sabia na altura que o quadro já estava classificado desde 1939, como de interesse nacional. Exercer o direito de opção implicava certamente solicitar apoios mecenáticos, mas essa opção foi afastada pela própria ministra.
Com tão pouca informação sobre o assunto, na precisa altura em que se prepara a sua ida para leilão, no próximo dia 29, pergunto se não há muitos mais assuntos que a responsável pela tutela da Cultura desconhece, e que são da sua responsabilidade política?


*** * ***

FOTOS MANIPULADAS

ZuboFF_Fam

Smilla66

*** * ***

*** * ***

CARTOON

the bath by kusta

Hapless Hare by *TraditionalDanimatio

9 comentários:

Joca disse...

Coitada da senhora, afinal parece que ninguém lhe dá satisfações sobre nada. A quem será que prestam então contas?
Fui

quintarantino disse...

Eu também desconheço formalmente a ministra da Cultura. Existe?

Sulista disse...

Mais uma vez se demonstra que SóCretino comanda tudo e os seus ministros são uns fantoches...


Bjs

Sílvia disse...

A pata de coelho está magistral, mas pelos vistos não dá sorte à Isabelinha, que volta a estar na baila.
Bjos

Mocho-Real disse...

Claro que nada me admiro que não conheça este e outros factos.
A minha pergunta é: O que sabe ela do pelouro que comanda?

Um abraço.

Tiago R Cardoso disse...

essa senhora, não é uma que aparece sempre a comer um croquete ou um rissol em alguma festa ?

Meg disse...

Ó Zé, mas a quem é que interessa que ela saiba muito?
E o património, esse vai desaparecendo paulatinamente, porque não é só essa obra que vai a leilão...
Tu conhecias a senhora de algum lado antes de ela ser ministra?
Ah... o apelido sim!

Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

E é "isto" a Ministra da Cultura? É por isso que estamos tão pobres culturalmente. Gostei muito da imagem dos funcionários públicos ao sol. Realmente, greves à sexta feira não ajudam nada a credibilizar a justeza das lutas.

Zé Povinho disse...

Eu só não concordo muito é com greves de poucos dias. Se há insatisfação, e essa está aí bem à vista, então a posição tem de ser firme e de fazer mossa.
A sociedade portuguesa está anestesiada de medo, mas se não queremos ir todos para o buraco temos de obrigar o governo a ceder, e para isso é preciso lutar com firmeza.
Abraço do Zé