quinta-feira, outubro 11, 2007

LEITURAS INVERTIDAS

Já todos conhecemos a imagem do PSD, invertida, por deferência de Pacheco Pereira. É bem conhecida a pirâmide de valores, invertida, em que o arrecadar de impostos e a diminuição da despesa pública são prioridades, deixando para segundo plano a política social e as políticas de emprego. O que ainda é novo, é dar uma explicação que contradiz em absoluto a acção.
O que se passou na Covilhã, onde a polícia visitou um sindicato para se inteirar do tipo de recepção que iria ser feito a José Sócrates, na sua visita a essa cidade, é um exemplo do que nunca devia acontecer numa democracia. Claro que o 1º ministro veio logo afirmar “não estar convencido” da ilegitimidade da acção da PSP. A dúvida não lhe fica bem enquanto governante num Estado democrático, mas isso é lá com ele, porque os cidadãos não têm dúvidas, pelo menos quanto à falta de bom senso desta “visita”.
Como eu tenho por hábito ler primeiro em diagonal as notícias, e só depois é que as leio na íntegra, com tempo, reparei na contradição do discurso logo que se voltou para responder ao desafio de Menezes quando afirmou categoricamente: “... O que é que se passou? Nada mais que alguém que protesta e alguém que governa, É isso que faz a nossa democracia”.
De facto foi apenas isso que se passou e que estava anunciado e autorizado: uma manifestação de protesto. Talvez seja por isso mesmo que a “visita” de agentes da polícia seja incompreensível. Ou será que José Sócrates quis dizer algo mais, e nós não compreendemos?

*** * ***
FOTOS - LENTAS

Slava

*** * ***

CARTOON

Mike Lane

Bob Englehart

10 comentários:

João Rato disse...

Também nos outros tempos o Santa Comba não tinha conhecimento que os agentes da PIDE fossem "acordar o Manuel"(o do Tordo).
Se os agentes da PSP não actuaram por ordens directas ou indirectas do Covilhã, o caso é muito mais preocupante, significa que o regime está implantado ou que, pelo menos, o ambiente está criado.

AnarKa disse...

Queres ver que receberam um aviso anónimo e que foi por isso que se desenrolou esta trapalhada toda...!
Lol

Tiago R Cardoso disse...

É perfeitamente compreensível, estou convencido que se tratava de um delegação do sindicato da PSP para confraternizar com o sindicato dos professores. Perfeitamente inocente.

quintarantino disse...

Aguardem-se as conclusões do inquérito. Se for como alguns que eu cá conheço, ainda nos vamos rir!

Belzebu disse...

O Inginheiro já pode dizer tudo o que lhe der na veneta, porque a mim nunca me enganou! Tem tiques Salazarentos e fascizóides e isso não me agrada de todo!

Aquele abraço infernal!

Joca disse...

Já se fala em geminar as duas terras, Covilhã e Santa Comba Dão. Quem sabe até se até não vão inaugurar museus dedicados ao cidadãos ilustres da terra no mesmo dia.
Lol

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

DIVIDA EXTERNA DE PORTUGAL 29/09/2007

$ 272.200.000.000,00
DUZENTOS E SETENTA DOIS MIL MILHÕES DE DOLARES
DUZENTOS E SETENTA DOIS BILIÕES DE DOLARES

É verdade !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Qual deficit nas contas públicas de 3 % , qual que, isto não é nada !!!!!!!!!!!!!!!!!
Nossos políticos, com a cumplicidade de toda a imprensa portuguesa, enterraram nosso país de vez.
Porque a imprensa económica não divulga a realidade de nosso país ?
Porque pertencem a mesma MÁFIA que governa nossas vidas !!!!!!!
No ano de 2003, nossa divida externa era de 13,1 mil milhões de dólares. Hoje, no ano de 2007, nossa divida externa é de 272 mil milhões de dólares.

Dívida externa: $ 272,2 bilhões de dólares (30 September 2006 est.)

Ano Dívida externa Posição Mudança Percentual
2003 $ 13.100.000.000,00 51
2004 $ 250.000.000.000,00 4 1.813,74 %
2005 $ 274.000.000.000,00 7 9,57 %
2006 $ 287.000.000.000,00 17 4,77 %
2007 $ 272.000.000.000,00 22 - 5,42 %

GOSTARIA DE SABER ONDE FORAM GASTOS 237 MIL MILHÕES DE DOLARES EM UM ANO ( DE 2003 A 2004 ) !!!
Em um ano ( 2004 ) passamos de 13 para 250 mil milhões de dólares !
Em 2007 nossa dívida externa é de 272 mil milhões de dólares.
POR FAVOR, ME ESCLAREÇAM …………….
Gostaria de ser esclarecido pelo poder político, como Portugal irá saldar esta dívida?
Vão aumentar ainda mais os impostos que já pagamos?
Vão contrair outros empréstimos para saldar os actuais?
Quem foi o responsável por este descalabro?
Onde estava a fiscalização da Assembleia da Republica?
Onde estava a fiscalização do Tribunal de Contas?
EM QUE FORAM GASTOS 272 BILIÕES DE DOLARES EM 4 ANOS ?
NOS ESTADIOS DE FUTEBOL?
NOS DOIS SUBMARINOS DE 900 MILHÕES DE EUROS ?
NOS 500 MILHÕES DE EUROS GASTOS NOS 40 AVIÕES F-16 DA FORÇA AÉREA ?
NO PERDÃO DA DÍVIDA AOS PAÍSES CORRUPTOS AFRICANOS?
NA GENEROSA E DESINTERESSADA AJUDA Á TIMOR ? AJUDA QUE É GERIDA PELO “ PADRE VITOR MELÍCIAS “. DÁ VONTADE DE RIR …….....

NA BARRAGEM CAHORRA BASSA ? EM QUE PORTUGAL PERDOOU 1,5 MIL MILHÕES DE EUROS Á MOÇAMBIQUE !!!!!!!!! E AINDA POR CIMA, MOÇAMBIQUE NÃO IRÁ PAGAR $ 700.000.000,00 ( SETECENTOS MILHÕES DE EUROS ) QUE AINDA DEVE Á PORTUGAL.
RICOS NEGÓCIOS QUE PORTUGAL FAZ !!!!!!!
ADVINHEM QUEM VAI PAGAR ESTES $ 700.000.000,00 ?
É ISSO MESMO !!!!! SOMOS NÓS, OS OTÁRIOS DOS CONTRIBUINTES PORTUGUESES.
Porque a imprensa económica nunca faz referência a divida externa de Portugal ?
Cumplicidade é a resposta !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cumplicidade de todos ( políticos / imprensa / empresários / governos / bancos ). Silêncio ………………

Nós contribuintes portugueses estamos cá para pagar, e bem pago, para sermos escravos de uma classe politica portuguesa corrupta e ineficaz.
As autarquias durante anos se endividaram nos bancos, sem terem condições para o fazer. Foram praças públicas construídas / destruídas / e outra vez reconstruídas. Dinheiro jogado ao lixo, nosso dinheiro !!!!!
Foi o Governo Central, dando subsídios para as Regiões Autónomas, e sendo avalista de empréstimos sem retorno económico possível ( Torrar Dinheiro ).
Foi a criação de Fundações Públicas que escapam ao controlo do Tribunal de Contas. Sendo estas Fundações um cabide de empregos para: filhos de deputados, presidentes de câmaras, amigos e cúmplices.

NÃO SE ENGANEM ………. TODOS NÓS CONTRIBUINTES PORTUGUESES VAMOS PAGAR MUITO CARO !!!!!!!!!!!!!!!

Cada português ( homem, mulher e criança ) deste país, deve $ 27.200,00 dólares em dívida externa aos bancos internacionais.
$ 27.200,00 dólares correspondem a 19.428,00 euros ao câmbio de hoje.
Salve-se quem puder …………………………………

RAMIRO LOPES ANDRADE
ENGENHEIRO CIVIL
CONTRIBUINTE PORTUGUES
BLOOGE: ramirolopesandrade.blogspot.com
E-MAIL: provocador.ramiro@hotmail.com o-provocador@iol.pt

OBS: CASO TENHAM DÚVIDAS LEGITIMAS SOBRE ESTES DADOS, SUGIRO QUE VÃO AOS SITES:

http://www.indexmundi.com/pt/portugal/index.html/#economia

http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext-economy-debt-external

http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext_percap-economy-debt-external-per-capita
https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/po.html

DÍVIDA EXTERNA EM BILIÕES DE DOLARES NO ANO 2007.

Rank Country Dívida externa
1 Estados Unidos
10.040

2 Reino Unido
8.280

3 Alemanha
3.904

4 França
3.461

5 Itália
1.957

6 Países Baixos
1.899

7 Espanha
1.591

8 Japão
1.547

9 Irlanda
1.392

10 Suíça
1.077

11 Bélgica
1.053

12 Canadá
684,7

13 Suécia
598,2

14 Áustria
594,3

15 Austrália
585,1

16 Hong Kong
472,9

17 Dinamarca
405

18 China
305,6

19 Grécia
301,9

20 Rússia
287,4

21 Portugal
272,2

22 Finlândia
251,9

23 Coreia do Sul
249,4

24 Turquia
193,6

25 México
178,3

26 Brasil
176,5

27 Polónia
147,3


NOSSA DIVIDA EXTERNA É MAIOR QUE A DO BRASIL ( 177 MIL MILHÕES ), E É UM PAÍS MAIOR QUE TODA EUROPA A 27, COM IMENSAS RIQUEZAS NATURAIS.
PORTUGAL NUNCA TERÁ RECURSOS PARA PAGAR 272 MIL MILHÕES DE DOLARES DE SUA DIVIDA INTERNACIONAL.
OS POLITICOS PORTUGUESES ( DA ESQUERDA A DIREITA ) SÃO TODOS UNS CORRUPTOS. O SILÊNCIO DELES NESTA MATÉRIA DIZ TUDO.

ENTERRARAM PORTUGAL DE VEZ ………………………………….

Meg disse...

Zé, vinha comentar, mas fiquei sem "fala".
Fiquei soterrada sob esta avalanche.
Mais palavras para quê?
Um abraço, meu amigo!

MARIA disse...

Olá Zé .
Pois eu acho que isto revela insegurança e uma clara desorientação de sentido político por parte do Primeiro Ministro.
Sinais exteriores de que sente perder algum terreno...
Pena é que tenha esquecido as lições da História : jamais por estas vias o retomará.
Assim, acho que iniciou um caminho de que dificilmente voltará sem mácula ...
Zé, a par de um tema tão triste, a par da dívida em que todos andamos cruelmente embrulhados, como bem salienta o Ramiro, salva-nos o dia com a sua MÚSICA.
Obrigada.
Sinta-se mucho beijado com a amizade da Maria

Zé Povinho disse...

Autoritarismos, insegurança, desnorte, trapalhada, inquéritos e défice.
Para quem vai tirar uns dias de descanso, dpois de terminada uma empreitada que me fez andar de um lado para o outro e obrigou a varar umas quantas noites, são notícias deprimentes e stressantes. O descanso vai voltar a colocar tudo na ordem, aqui no bloguito, embora não creia que o país tenha a mesma sorte.
Abraços do Zé, quase, quase a entrar em descanso.