sexta-feira, outubro 12, 2007

E VOCÊ, SABIA?

Ontem fui surpreendido na minha caixa de comentários, com um texto sobre a dívida externa de Portugal. Como de costume li o texto e fiquei estarrecido com os números que continha, mas vi que me eram dados links para me poder elucidar sobre os dados apresentados, o que fiz de imediato.
É conhecido o meu desagrado pelos políticos que temos, e também a desconfiança que nutro pelos nossos economistas, mas posso-vos garantir que, a menos que as diversas instâncias que consultei tenham publicado estimativas completamente sem fundamento, e foram mais do que aquelas que exponho em imagens logo a seguir a estes texto, a minha consideração pelos ditos senhores, desceu até ao centro da terra.
Segundo os números exibidos, fiquei a saber que afinal, estatisticamente, devo cerca de 20.000.00 euros ao estrangeiro, como aliás também devem todos os cidadãos deste país, homens, mulheres ou crianças.
Aos senhores políticos que nos prometem um futuro risonho sob a sua governação, e isto é válido para os que estão ou estiveram no poder e para os que estão na oposição, fica aqui um desafio: digam a verdade aos portugueses, dêem dados pormenorizados sobre o aumento do défice externo durante os últimos anos, para que possamos julgar com isenção aqueles que nos governaram até hoje.
Eu tenho por norma desconfiar dos números, por isso mesmo acho que é altura de clarificar aquilo que vamos sabendo por fontes externas, para que não fiquem dúvidas.

Nota: As imagens abaixo expostas são de apenas dois sites sugeridos pelo leitor que ontem comentou no meu blogue, que tem mais dados disponibilizados em: http://ramirolopesandrade.blogspot.com/

SITES CONSULTADOS
Clique sobre as imagens para aumentar
Portugal assinalado a vermelho

Até estes...

Défice externo sublinhado a vermelho

*** * ***

CARTOON

15 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Devia saber mas não sei e, por isso, vou elucidar-me convenientemente atarvés das consultas ue sugeres. Uma coisa sei e tenho a certeza, é que esse endividamento foi provocado por uma muito incompetente governação e que os seus reflexos irão recair de forma desigual e injusta sobre todos nós. Serão naturalmente os mais frágeis a carregar com o maior peso da cruz.

Sulista disse...

O pessoal que votou nos Xuxas ainda acredita no Pai Natal...e nós a ter que suportar a crise...arre gaita, que país de atrasados mentols!

Qt à divida, hoje em dia, tds os países devem. Está na moda. Não te preocupes mt com isso que ninguem paga...é uma bola de neve, tds devem a tds e há-de continuar assim ;-)

Dinheiro há. O que me preocupa é estar tão mal distribuído em Portugal...

Bjs

quintarantino disse...

Não percebi, então ainda tenho mais essa dívia para pagar? e vem de quê? bem, lá vou ter de ir ao banco.

O Guardião disse...

Então agora vou ter o gajo do fraque à minha porta? Eu que até nem tenho nenhum empréstimo? Olha, levem-me preso, que pelo menos fico com menos despesas...
Cumps

zé lérias disse...

Se me vierem pedir a minha parte na dívida eu mando-os ir de joelhos até Fátima...
Bom fim de semana

Sílvia disse...

Ó Zé, não fiques deprimido, porque quando isto falir acaba-se a mama para os gulosos. Virão outros, é certo, mas enquanto o pau vai e vem, descansam as costas. Tu foste ao sítio da CIA?
Bjos

Tiago R Cardoso disse...

não me lembro o que é que comprei com esse dinheiro todo?

Odysseus disse...

Caloteiro!!! Um gajo, eu, nem peço nenhum empréstimo daqueles a 30% e depois anda o governo a endividar-me, não é justo :( Realmente existe aquela máxima, nós nunca temos nada realmente nosso, só mesmo a nossa alma e essa também pode ser "vendida"


Cumprimentos Zé!

AnarKa disse...

Eu cá não devo nada. Quem mamou o guito que o pague, que eu já contribuo com os meus impostos para encher a pança desses parasitas. Eles exibem brutos carros, motoristas, cartões de crédito, subsídios para tudo e para nada, despesas de representação, viagens à pala do orçamento e vivem que nem nababos, e eu ainda tenho que me chatear com o défice?
Vão trabalhar malandros!

adrianeites disse...

um dia ainda vai existir saldo orçamental em portugal!.. quem diz um dia diz um ano, uma década, um século...

lol

Lara disse...

Não pago!Essas dívidas foram contraídas por terceiros sem o meu conhecimento de causa :P
É sempre assim tapam-nos o sol com a peneira e já só vemos que estamos na merda quando começa a cheirar mal!enfim...
bj

Cadeirão disse...

Boas

Quero agradecer as visitas e os comentários, mas um problema assaz complicado de saúde obrigou-me a suspender toda e qualquer actividade.

Dentro de alguns limites impostos vou retomar as "lides" diárias.

Abraço e os meus mais sinceros agradecimentos.

Meg disse...

Olha, Zé, ainda bem que nãp percebo nada de números. Ontem fiquei traumatizada.
Eu devo o quê????
Mas se tu, que sabes dessas coisas me garantes que nos estão a mentir... ah... então eu acredito, e não fico nada descansada.Mas essa é uma desconfiança que me acompanha há muito.
Hoje estou farta de ouvir o TS, e está tudo uma maravilha!!! Quem diria!
Um abraço, amigo Zé!

Maria Faia disse...

Economistas amigo Zé?
Nem pensar... Cada um manipula os dados a seu contento e, os resultados saem sempre a favor da teoria que defendem.
Eu pensava que os números eram sérios mas, depois de muito ler, verifico que nunca o serão porque as intenções de quem os manipula o não são também!

Uma coisa é certa. EU NÃO DEVO NADA A NINGUÉM.

Um abraço amigo e,
Votos de um Bom Fim de Semana.

Maria Faia

João Rato disse...

Eu destes senhores não espero nenhuma verdade, nem em números nem em palavras! Desejo-os longe daqui!