quarta-feira, setembro 12, 2007

SOU ACCIONISTA DA RTP ?

Eu e mais alguns milhões de portugueses, vamos contribuindo obrigatoriamente para a televisão pública, só porque consumimos electricidade. A brincadeira custa-nos cerca de 36 euros mensais se contabilizar-mos o que pagamos na factura eléctrica e o que o Estado paga com o dinheiro dos nossos impostos.
Apesar das receitas da publicidade que a RTP arrecada, e da gestão muito elogiada ainda há pouco tempo por membros do governo, a contribuição audiovisual aumentou, entre 2003 e 2006, 41% e a indemnização compensatória cresceu 52%. Quanto ao passivo da empresa, apenas diminuiu 17%.
Não sei se a RTP está a ser bem ou mal gerida, mas estes números que agora foram tornados públicos, sugerem que algo vai mal por aquelas bandas. Eu não sou um grande consumidor de televisão, à excepção do telejornal que nem sempre é o da RTP, e da sua grelha pouco conheço, embora saiba que tem telenovelas e programas que não despertam o meu interesse. Pago um pacote televisivo fornecido por um operador cotado em bolsa, por um valor inferior ao que pago, ainda que indirectamente à RTP.
A minha estranheza nisto tudo, é que apesar de todas as entidades que existem a pretexto de garantirem a defesa do consumidor, eu posso escolher os canais que me interessam, mas SOU OBRIGADO a pagar, para além do que contrato, um canal em que posso não estar interessado de todo.
Já conheço o princípio imposto pelas autoridades deste País, do utilizador - pagador, desconheço é qual a denominação deste princípio aplicado em prol da RTP, em que mesmo não sendo consumidor do seu produto, SOU OBRIGADO a ser pagador - não utilizador.
Será que sou também accionista – desconhecedor?

*** * ***
FOTOS - DIVERSIDADE DE ESTILOS
The Skoowiit by *snapesnogger

Cut by Andrey Eroshkin (Nonice)

*** * ***

CARTOON

12 comentários:

Sulista disse...

Olha que essa eu não sabia...que ainda continuavamos a pagar a RTP...que ganda lata! Aquela gente ganha balurdios à nossa conta! Olha os pivots do telejornal, por ex., ou o MAlato dos Concursos...chiça que é demais!!esfolam-nos em tudo e até ao tutano!!
Olha que é por essas e por outras que vou finalmente, após anos, acabar com o telefone da PT...

ps- a mulher da foto, é violenta hein? Eheheheh...

outro Abraço ;-)

Kalinka disse...

Chamuar Zé

...essa eu não sabia...!!!

Vou contar-te um segredo:
Há 33 anos atrás, a esta hora, dei à Luz, uma criança de seu nome Alexandre.
É isso, eu e ele estamos de Parabéns.
Só Deus sabe como tenho feito tudo na Vida, para o bem dele, anulei-me, deixei de trabalhar para o poder criar em casa, com outras condições, as melhores possíveis e, ele esquece-se que tem uma Mãe. Esta mágoa hei-de carregar comigo até ao fim da Vida. Mas, continuo de cabeça erguida, tentando fazer o melhor que posso aos meus netos, principalmente dando-lhes muito Amor. E, por falar em netos, é engraçado, no dia que o meu filho faz 33 anos, a sua filha, minha neta entra para a Escola Primária, dando os primeiros passos em direcção ao seu Futuro... e, dizem que «não há coincidências»...

Beijos e abraços.

Zé Povinho disse...

Caras amigas

Sulista - Pois é, uma parte do que pagamos em taxas na factura da electricidade vai para a RTP, e mais alguma coisa do que nos calha em impostos também tem o mesmo destino. A escolha neste caso em particular, não funciona, todos somos contribuintes forçados do canal público, independentemente do que possamos pagar nos pacotes que realmente contratamos com qualquer dos fornecedores do cabo ou quejandos.

Kalinka - Começo pelos parabéns, já que as mágoas, quem as não tem. Achei curioso o que me contas , porque tenho um filho com a mesma idade, 33 anos também, nascido no hospital do Macúti. A data é que é diferente, ele nasceu em Julho, uns tempitos antes, portanto.

Abraços do Zé

adrianeites disse...

como se verifica no meu blog apontei este blog para a corrente de amizade!

cp's

quintino disse...

Meu caro amigo, paga o amigo e, agora pasme-se, até um terreno agrícola que tenha lá um motor para tirar água de um poço.
Até ao momento, a teoria é esta: local com consumo de electricidade paga a dita taxa de audiovisual.
Lá no prédio onde moro, vamos até colocar uma televisão na garagem. Mal por mal, e já que querem que pague, está-se sempre a ver têvê.

Tiago R Cardoso disse...

Ante e com a sua licença amigo Zé, par que raio quer o quintino a televisão na garagem ?

Ainda assim prefiro a RTP, a certa estupidez que anda nesse canais,no entanto é evidente que não concordo com taxas abusivas por serviços que não são utilizados.

quintino disse...

Então, a garagem tem um contador autónomo, certo?
Um contador gasta luz, correcto?
Na facturinha da luz, lá ao fundo, aparece a taxa do audio-visual... quem nunca reparou vá lá espreitar... ora, se pagamos taxa, vemos televisão.

A. João Soares disse...

E temos de ter muita calminha. Senão, qualquer dia, pagamos pelo ar que respiramos. Mandam-nos soprar para um balão para mediar a capacidade pulmonar e depois pagamos em conformidade...
De 5 em 5 anos temos de soprar outra vez para ver se a capacidade de sopro aumentou ou diminuiu!!
Abraços

papagueno disse...

Pois eu pago a RTP no pacote do meu fornecedor de televisão e pago na factura da luz já para não mencionar o que pago através de outros impostos. Será legal? Será que um dia ainda vão obrigar a RTP a devolver esse dinheiro?
Bem mas o que eu queria era elogiar a escolha músical, a maior banda de rock de sempre, Led Zeppelin. Nem de propósito vi há segundos que a anúnciada reunião sempre vai ter lugar.
Um abraço.

J.G. disse...

Não deixa de ser verdade tudo isto, mas na realidade também pagamos a essas entidades cotadas na Bolsa por canais que fazem parte de um pacote e que não nos interessam. Vem no pacote!

O ideal seria um sistema de pay per view, em que realmente só pagaríamos o que consumíssemos.
Mas isso não interessa ao Estado, claro!

Um abraço.

o guardião disse...

Já sabia que também pago para a RTP, apesar do que pago, agora ao MEO, onde ela está incluída. Como alguém disse, também pago alguns canais que não me interessam nada e não vejo, mas LÁ ESTÁ INCLUÍDA A RTP. Então porque é que ainda tenho de pagar na conta da luz? Já não bastavam os impostos, ou teremos um imposto adicional dedicado à RTP ?
Boa malha
Cumps

Meg disse...

É este o nosso país,pobre país, em que vivemos e... pagamos, Zé!
Pagas e não...
Um abraço