sábado, setembro 15, 2007

RAPIDINHAS

Ângela Merkel recebe o Dalai Lama – Ao contrário do nosso governo, a chanceler alemã vai receber o Dalai Lama, o líder espiritual dos tibetanos. As razões óbvias do nosso ministro Luís Amado, pelos vistos não foram tão óbvias para o governo alemão.
Segundo as notícias vindas a lume na imprensa internacional, a decisão de receber o Dalai Lama, foi encarada como um sinal do empenho alemão em levantar questões de direitos humanos com a China, em vésperas dos Jogos Olímpicos de Pequim.
Atendendo a que Portugal preside actualmente à União Europeia, o contraste nas posições assumidas por Lisboa e Berlim, sobre um assunto tão sensível como os Direitos Humanos, dá uma imagem muito má das prioridades do governo português.

Mais uma viagem – Terminou ontem mais uma visita ao estrangeiro, da ministra Isabel Pires de lima. Durante três dias a ministra da Cultura esteve em Cabo Verde acompanhada por uma delegação técnica. Durante a visita foram abordados alguns temas, como o dossier da candidatura da Cidade Velha a Património Mundial da Humanidade, a apresentar à Unesco, a concretização da segunda fase do projecto da Sé Catedral na Cidade Velha e a réplica da Torre de Belém, no Mindelo, entre outros temas. Do programa fez parte também, uma visita ao Tarrafal e uma homenagem à cantora Mayra Andrade.

*** * ***

GRACE KELLY (1929-1982)
Nascida a 12 de Novembro de 1929 em Filadélfia, a actriz que veio a ser conhecida mais tarde como Princesa do Mónaco, viria a falecer a 14 de Setembro de 1982, vítima de um acidente de viação.
A actriz protagonizou alguns filmes como High Society, Mogambo, The Swan e The Bridges at Toko-Ri e contracenou com alguns dos maiores actores da sua época, como Gary Cooper, Bing Crosby, W. Holden e Frank Sinatra.
Tornou-se Princesa do Mónaco ao casar com Rainier III em 19 de Abril de 1956. Deste matrimónio nasceram os três filhos: Carolina, Alberto e Stéphanie.
*** * ***

FOTOS DO REINO ANIMAL

Shiftec

Вячеслав /Ильин/

*** * ***

CARTOON

Garnotte

7 comentários:

Meg disse...

Zé, hoje é aquele dia em que quase não há nada a acrescentar. Claro que a Alemanha agiu de forma correcta, quanto a mim, e pelos melhores motivos.
As nossas prioridades, Zé? Mas nós temos prioridades?
Vá lá, o ex-PR recebeu o Dalai Lama, apesar de ir sofrer amargos de boca na ONU. Mas foi Homem. Salvou-nos a face, de cert modo.
Sem tirar mérito a Sir Bob Geldof, achei tão estranho!!!
Mas deve ser melancolia.
Um abraço e BFDS

Quint disse...

A Dona Ângela é que os tem no sítio. Se me é permitido escrever assim. Tivesse eu chapéu e, como se costuma dizer, "tiro-lhe o meu chapéu"...

Sílvia disse...

A agenda do governo prefere grandes defensores dos Direitos Humanos como R. Mugabe.
Onde é que fica o oculista mais próximo?
Bjos

Laurentina disse...

Zé , por vezes dou comigo a pensar para e porque raio é que aquele imbecil do Salazar nos livrou da guerra...de que nos serviu?!Continuamos bestas , cretinos e cobardes como sempre fomos.
É ver os países que se viram envolvidos nela como flosresceram a todos os níveis .

DIREITOS HUMANOS?!
CA POR ESTAS BANDAS NÃO SE SABE O SIGNIFICADO...

APETECE-ME RIR DE TRISTEZA PROFUNDA.

BEIJÃO GRANDE

Tiago R Cardoso disse...

Que diferença de politica, agora temos que aprender com os alemães.

João Rato disse...

Continuo na minha, os nossos ministros não são dignos de receberem o Dalai Lama.

Rouxinol disse...

Aprender mais qualquer coisa sobre o Dalai-Lama