sábado, agosto 11, 2007

OS PORTUGUESES E O PATRIMÓNIO

Já se cumpriram 11 anos de existência do Parque Arqueológico do Vale do Côa e constata-se que, como na maioria dos museus, palácios e monumentos, a maioria dos visitantes são estrangeiros. Esta é uma regra em quase todos os serviços devidamente assinalados nos roteiros turísticos editados internacionalmente.
É certo que alguns eventos mais mediáticos conseguem atrair o visitante nacional, mas tirando isso continua a registar-se a muito pouca apetência dos portugueses para conhecer o seu Património.
Pude constatar presencialmente que no Mosteiro da Batalha, no de Alcobaça, nos Jerónimos, no Palácio de Sintra, da Pena e de Queluz, vemos gente de todas as nacionalidades e que quase não se ouve ninguém que fale português. Estou a falar do que vi em pleno mês de Julho.
É minha convicção que não se está a conseguir promover o Património dentro das nossas fronteiras, e isso faz com que não tenhamos um público nacional exigente, o que obrigaria a que estes equipamentos e colecções estivessem mais bem cuidados, e com melhores condições de recepção, interpretação e exposição. Temos um vasto Património, mesmo único em certos aspectos, infelizmente votado ao esquecimento pelos portugueses, muitos dos quais já visitaram mais monumentos no estrangeiro do que por cá.
Vamos visitar os nossos museus, palácios e monumentos, e se o preço puder ser um impedimento para alguém, toca a aproveitar os domingos até às 14 horas, altura em que as entradas são gratuitas.

*** * ***
CARTOON - ECONOMIA

*** * ***

FOTOGRAFIAS

Recebida por mail sem referência

karlosss

*** * ***
ESCOLHAS DO ZÉ

Os velhos Marretas do PS by Kaos

M. Mendes in Cartoons do Henrique

8 comentários:

Meg disse...

Ó Zé, onde é que estás, que aqui ainda não é meia noite?
Outro post? Isto é que é produção!
Volto amanhã... hoje, sei lá, daqui a bocado. Baralhaste-me o fuso.
Abraço

o guardião disse...

Obrigado por estares também a divulgar o que é nosso e que nem sempre nos merece a devida atenção. Eu bem vou batendo nesta tecla.
Agora vou ao Torga, outro património que também convém divulgar.
Cumps

C Valente disse...

Penso que tem razão, um dos motivos e outros haverá é a falta de divulgação internamente do que é nosso, depois é o custo das entradas que não está compativel com os ordenados da maioria das pessoas, depois temos , que indo nós portugureses ao estrangeiro visitam museus e tudo o mais, e temos a eterna verdade em casa de ferreiro...
Saudações amigas e bom fim de semana

CORCUNDA disse...

Uma questão cultural. Infelizmente continua a dar-se prioridade (incentivada), a telenovelas, Morangos com Açucar, telemóveis, centros comerciais e férias no Algarve. Infelizmente não acredito que culturalmente, algo mude nos próximos anos.
Vamos por exemplo à Europa Central ou de Leste e um espectáculo de òpera, um concerto de m´´usica clássica ou de outro género, uma peça de teatro, uma ida ao museu são coisas completamente "corriqueiras", que fazem parte do dia-a-dia de qualquer pessoa, mesmo das de mais baixa condição social. Por cá as prioridades são outras. Não é à toa que nos vamos arrastando na cauda da Europa.
Abraço.

Tiago R Cardoso disse...

Infelizmente para muitos cultura é visitar os centros comerciais ao domingo, eu pessoalmente adoro museus, edifícios históricos, monumentos, grande parte das fotografias que tiro são desse tipo, ainda por cima o nosso país é rico nesses aspectos, tens razão se mais visitassem esses locais, o grau de exigência seria maior e não teria-mos de ver os autênticos atentados culturais, que se cometem por ai.

Zé Povinho disse...

Meg - O fuso permite-me postar mais cedo e ir também mais cedo para a caminha. Estratagemas...

Guardião - Faz-se o possível e Torga também é uma parte do nosso Património.

C, Valente - Não é só a falta de divulgação e o preço, é também alguma dinâmica que falta nestas instituições.

Corcunda - A Cultura começa na infância e na educação dos mais novos. Depois há a dinâmica que já referi.

Tiago - Temos de ter mais espírito crítico (crítica construtiva) e incentivar a exigência, e para isso há que visitar e mais e conhecer melhor.

Abraços do Zé

adrianeites disse...

que fotos interessantes... a dos juros entao..

cp's

C Valente disse...

nem ministerio da cultura nem estar quase á porta do presidente,
nada resolve, enfim é o país que temos
saudações amigas