quinta-feira, agosto 16, 2007

FOI BOM!

Ontem decidi aproveitar o feriado para descansar. Foi óptimo, acordei um pouco mais tarde, aproveitei para ler o jornal sentado no sofá enquanto ouvia a música que tinha seleccionado na véspera.
Eu e a patroa, mais o herdeiro mais novo degustámos um almoço daqueles que só acontecem quando há tempo e disposição para isso. A bica foi no café do outro lado da rua e o whisky novamente sentado ao sofá, e de pantufas. Nem sequer dispensei a sesta que me soube muito bem.
Por vezes, estes prazeres, simples, da vida transformam-se num bálsamo para quem, por força das actividades profissionais, quase não tem tempo para estar em casa com a família e calçar os chinelos descansado.
As coisas simples, por vezes sabem-nos melhor do que a extravagância que tantas vezes tentamos experimentar.

*** * ***
ESPÍRITO DE VERÃO

*** * ***

FOTOGRAFIA

Маргарита

15 фоток

*** * ***
CARTOON OLÍMPICO

Frederick Deligne

16 comentários:

Maria Faia disse...

Olá Amigo,

Dia muito simpático o teu.
Eu adoro passar os feriados por csas, dormindo muito e andando de pantufas.
Sabe tão bem quebrar o ritmo avassalador da semana de trabalho!...
Amanhã vou andar com a sensação de ser 2ª Feira e, no dia seguinte, vem a alegria de já ser 6ª Feira e poder dedicar-me a certos prazeres que, durante a semana, tenho que colocar de lado.

Um abraço

J.G. disse...

Ora aí está uma antecipação no tempo! Quando cá entrei ainda não era dia 16!
E até já tinha o comentário escrito quando, sem querer, carreguei no botão errado...e lá se foi o comentário e a ligação do computador...desligou-se!

Mas pronto, cá estou eu de novo!

E digo que também dormi uma rica sesta!
Abraço e...já estamos em ante-véspera de fim-de-semana!

MARIA disse...

Que bom Zé.
Muito bom aproveitamento fez do seu dia.
Eu também acho que nada nos faz melhor do que o afecto dos nossos e o conforto do local a que chamamos lar.
Bjs
Maria
PS - Adorei o Elvis !!!!

Zé Povinho disse...

Caro Sineiro
Isto ajuda a ganhar um pempinho para visitar os amigos antes da "deita". Enquanto comentava aqui, estava eu no Sino a botar a faladura.
Abraço do Zé

Zé Povinho disse...

Caras Marias

Maria Faia - Ainda bem que há quem me compreenda e dê valor ao que é simples e delicioso.

Maria - O mesmo, porque há que aproveitar. Quanto ao Elvis, surge também pelos 30 anos do seu desaparecimento. Há quem diga que ele anda por aí... pelo menos está aqui!

Abraços do Zé

Anónimo disse...

Eheheheh...tens td a razão Zé,
as coisas melhores são as mais simples :-)
Bom resto de semana que é mais curtinha para quem já está a trabalhar ;-)

Abraço


ps- Aquela praia de kiwi...huuuumm...que saborosa :-D

SuLista

ANTONIO DELGADO disse...

Por vezes a felicidade está nos pequenos gestos que deixamos de fazer por viver o superfulo, quando o ritmo de vida nos impõe. A sesta é mesmo um balsamo que maiormente também pratico e cultivo...um abraço fraterno
Antonio Delgado

o guardião disse...

Calaceiro, a dormitar enquanto os outros se esfalfam a bulir!
Eu não pude e não sabes como te invejo. Deixa-me acabar a minha ronda, que amanhã há mais.
Cumps

Belzebu disse...

Sabem tão bem esses pequenos momentos de ócio que até custa admitir! eeheheh!

Mas como o politicamente correcto já não faz qualquer sentido, eu assumo que os pequenos momentos ditos burgueses, me dão uma enorme pica! Que posso eu fazer?

Um abraço infernal!

Zé Povinho disse...

Ena Belzebu, ñão te sabia tão madrugador. Não tenho nada contra os momentos burgueses que todos aspiramos de quando em vez, isto se exceptuar o facto de ter a carteira com demasiado ar.

Caro Zé - Um descanso até que faz bem ao comum dos mortais, mas tu estás com a corda toda, pelo que vi no teu blogue.
Agora vamos ao trabalho que se faz tarde.

Abraços do Zé

Tiago R Cardoso disse...

Esta agora o Zé Povinho a descansar ?

Sílvia disse...

Zé! Meu grande burguês. Olha o exemplo que deste à malta...
Ahahah Estou aimaginar essa cena doméstica... cumprimentos à patroa e ao chavalo.
Bjos

Meg disse...

Ora aí estamos... eu também pertenço à Confraria da Sesta.
Das migalhas para os pardais, na varanda, o sol e o mar no horizonte, um bom som ... o Tamagochi e vocês.
Será que é da água que bebemos? Memórias das tardes mornas, Zé!!!
Um abraço

Odysseus disse...

O descanso é preciso, faz muito bem ter esses dias de puro prazer, pessoalmente tento ter um por semana, sem fazer nada, acredita que resulta comigo. É a forma que tenho d eter muitas veze senergias para uma semana de trabalho.

c valente disse...

As coisas simples da vida são de facto o melhor da vida, sem snobismos, falsas aparências, quando não falsas felicidades
Saudações amigas

Zé Povinho disse...

Eu estava quase a sentir-me culpado pelo mau exemplo do Zé Povinho em tirar uma folgazita, mas vi que os meus amigos compreenderam a necessidade e até, quando podem também o fazem. Senti-me mais confortado por verificar que há hábitos saudáveis por estas bandas, o que é óptimo.
Abraços do Zé para todos.