sábado, agosto 25, 2007

AS (MÁS) CONTAS DOS PARTIDOS

Já todos lemos notícias sobre irregularidades nas contas dos partidos políticos, e também ouvimos as esfarrapadas desculpas, sejam lapsos, dificuldades de controlo de todas as contribuições e despesas nas distritais, lapsos processuais, e até já tentaram culpar as novas leis que complicam essa prestação de contas com o rigor exigido.
O cidadão comum não merece a mesma complacência por parte do fisco, que aplica, logo que detecta alguma irregularidade, os procedimentos legais e remete para posterior apreciação os recursos que eventualmente o contribuinte venha a interpor.
Claro que há diferenças entre o comum contribuinte e um qualquer partido político, mas todas são desfavoráveis aos partidos, pois o desconhecimento dos preceitos e normas legais, não são desculpa que colha adeptos na opinião pública.
O caso que envolve o PSD e a Somague, é um caso muito sério de financiamento ilegal, pelo que vem descrito na imprensa, e merece ser tratado com o rigor previsto na lei. A actividade dos nossos políticos já não merece a confiança da maioria dos cidadãos, e casos destes atiram ainda maior descrédito para cima dos políticos.
Eu há muito que voto em branco por achar que a nobre actividade política está a ser praticada por pessoas sem coerência de princípios e outros de muito baixa qualidade moral e intelectual. A política não merece estar nas mãos de tão maus intérpretes, pois é uma actividade muito nobre, quando exercida com justiça e sem qualquer subordinação a interesses, mas isso, dizem-me, é uma utopia. Pode ser, mas nesse caso não lhes dou o meu voto!

*** * ***
FOTOS - OS BICHOS
ANF
Чаk

*** * ***

CARTOON
Cameron (Cam) Cardow

10 comentários:

Laurentina disse...

Laurentina disse...
Passei para deixar um abraço. Tenho andado tremendamente ocupada com um assunto que vai dar pano para mangas ,de uma tremenda injustiça, escrevi para o Procurador G.R. e o resto da corja ...P.R. , M.F. e outros filhos da puta , vou dar 3 semanas para ver se me respondem ...caso contrario vou publicar no Blog para conhecimento da comunidade e depois vou para a TV...

Bem e finalmente ao fim de 4 anos de um acidente em serviço e ja com 70% de incapacidade motora fui então chamada para me apresentar a uma junta médica no dia 4 de Setembro, vamos ver o circo que vai dar.
Corja de bandidos!!

Vou estar mais afastada do blog por esta semana porque realmente ando muito cansada física e psiquicamente.
Volto com certeza com força antes da festa do Avante...ehehehehehe, onde se Deus quiser conto ir.

Beijão grande

Sílvia disse...

Não fui a primeira, hoje, mas fiquei admirada com o tema escolhido. Sei que gostas de política, sei que votas em branco mas julguei que torcias por algum dos partidos. Afinal estás mesmo desiludido com todos.
Cá no j... já me perguntaram quem tu és, por eu consultar diariamente o teu blog e por enviar alguns bonecos aos amigos.
Bjos

quintino disse...

Zé Povinho, como o amigo tem razão... a política podia ser uma nobre arte não tivesse tão fracos intérpretes. Faltam homens de visão, de arrojo. Sei lá, que procurem marcar a diferença e que tenham a coragem de assumir o que pensam.
Sendo polémico, eu que até sou mais inclinado à esquerda tenho relativa (note-se o relativa) boa impressão do Sarkozy. Tirando as trapalhadas das férias em que é pródigo mas em que mesmo aí assume para onde vai...

Tiago R Cardoso disse...

Se dessem possibilidades ao cidadão de se justificar, como fazem os partidos, não existia tempo suficiente para todos, mas trata-se de um problema da direita à esquerda,
como escrevi sobre o Sr. Louçã, a atirar pedras a todos quando tem o telhado todo esburacado. Eu posso não concordar com a lei mas tenho de a cumprir.

AnarKa disse...

Não dá para nos preocupar-mos, os tipos não estão lá para fazer contas, só política, meu!
Lol

Ludovicus Rex disse...

Peace and Love, Imagine...

Sulista disse...

Eu se fosse a ti tinha mais cuidado com os votos em BRANCO...com politicos e seus servidores, nunca se sabe.....eu cá qd não quer votar em ninguêm, voto NULO que é mais fiável ;-)

ps- no PS nunca votei, Graças a Deus!

Abraços :-)

João Rato disse...

E que tal formarmos o partido dos brancos? prometemos que em tudo nos absteremos e que pretendemos apenas o sustento da família...
Votar em branco admito. Não votar, nunca - não votar serve apenas a falsa legitimidade da corja de vaidosos que nos afrontam.
O caso PSD-Somague é bom que venha à baila, mas que não sirva para ocultar a descarada promiscuidade que existe entre os partidos do círculo do poder e o poder económico. É só um caso público entre centenas de casos ocultos.
Alguém é capaz de me explicar porque é que as grandes empresas financiam os partidos do poder?
Uma vez ouvi o grande Belmiro, demasiado rico para um país tão pequeno, gabar-se à boca cheia na TV: financio todos os partidos com assento parlamentar com a óbvia excepção do PCP!
Grande parte da factura que estamos a pagar é imposição dos financiadores das folclóricas campanhas que servem a falsa legitimidade dos clubes de governo!

A paginadora disse...

E todos nós a pagar para estes senhores fazerem gato sapato de nós e do País.Que desilusão, nenhum se aproveita. Se as coisas não tomarem outro rumo então é que este país à beira-mar plantado vai mesmo a pique.
Mas hoje entrei Zé apenas para dizer olá e que continuo presente de alma e coração no meu blog, embora as circunstâncias o não permitam ainda por enquanto, com a assiduidade que gostaria, embora só de tempos a tempos eu deixe comentários nos blogs dos meus amigos, dou lá diariamente uma saltada para me actualizar e para me divertir.
Um abraço do tamanho do mundo.

Meg disse...

Mas porque é que não dizemos que isto também é corrupção?
Damos-lhe tantos nomes, lapsos, dificuldades disto e daquilo...
Não, para mim, andan todos ao mesmo. A governarem-se à tua custa, Zé!
Um abraço retardado mas com força ainda, que as férias estão a chegar.