terça-feira, agosto 07, 2007

AS FÉRIAS DOS PODEROSOS

Desiludam-se os que pensam que eu vim aqui falar das férias de José Sócrates, porque essas são agora segredo de Estado, por isso não sei por onde ele anda, nem me interessa mesmo nada.
Hoje venho falar do senhor Sarkozy, que parece ter aderido à moda de aceitar convites para desfrutar de férias de luxo, que segundo a imprensa francesa não estariam ao seu alcance já que usufrui mensalmente uma remuneração de “apenas” 6 mil euros. Noticiam os jornais gauleses que o aluguer da villa onde passa estes dias custará cerca de 22 mil euros por semana.
Já outros políticos receberam idênticas críticas, recordo-me de Durão Barroso e de Tony Blair, que aliás, também aludiram a convites de amigos. Ninguém contesta o direito ao gozo de férias por parte dos políticos, mas convites envolvendo grandes quantias de dinheiro deixam sempre uma sensação de desconfiança na opinião pública dos países que os elegeram.Há um comentador da nossa praça que tinha uma coluna intitulada “não há almoços grátis”, e embora eu também não concorde com a maioria das suas opiniões, acho que pelo menos o título se aplica na perfeição a casos destes, que ele obviamente não comenta.

*** * ***
A PROPÓSITO DE GILBERTO GIL

*** * ***

FOTOGRAFIA

SHN

*** * ***

CARTOON EM FRANCÊS

Delize

Bado

8 comentários:

Joca disse...

Hoje tratas deste artista francês que está a apagar o protagonismo do nosso cabeça de cartaz.
Força neles.
Fui

Tiago R Cardoso disse...

Pode ser que sejam férias pagas por algum amigalhaço, tipo kadáfi, acho que são muito amigos, insinuar alguma coisa em troca da "amizade" e ainda por cima em politica, ora onde já se viu semelhante coisa...

AnarKa disse...

è um toma lá, dá cá, se é que me percebem.
Tchau

João Rato disse...

férias?!... que é isso?! essa gente anda sempre a trabalhar(-nos)!

Cláudia Ribeiro disse...

politicos = artistas da mentira e palhaçada :D

aryana disse...

O convite para férias dos poderosos faz-me lembrar um pouco os convites para festas de aniversário dos jovens,cada um paga a sua despesa e tem de levar a prenda.
Saudações

adrianeites disse...

claro que dá para desconfiar..
porque razão ha de alguem gastar rios de dinheiros com outra gente desinteressante?

cps'

C Valente disse...

Eu escrevo umas coisa e o amigo outras e vamos contrabalançando a situação, eles os politicos coitados ganham muito muito pouco, fartam-se de passear, desculpa de trabalhar para o seu bem (lá está o teclado a escrever para a maldade ) que ria dizer para o nosso bem , e então tem amigos que vivem na Corraleira, no bairro Cova da Moura, e ele a dar , nos bairros mais nobres e casas pobres e então convidam , sem segundas intenções para eles irem passar férias, não sei se será o caso do 1º M, é segredo não mencionamos sugerimos.

Saudações amigas com um abraço