quinta-feira, julho 12, 2007

MAUS EXEMPLOS


*** * ***

COLORIDA OU A PRETO E BRANCO

gny

Егорка

*** * ***

CARTOON FRANCÊS


Delucq

8 comentários:

Sílvia disse...

Vê-se muito disso por aí, querido Zé. O Goraz e as fotografias continuam a ser uma atracção cá do pessoal.
Bjos

Anónimo disse...

AHAHAHAHA....o Goraz farta-se de trabalhar!! Está um mimo ;-)

E a 2ºimagem, da flor, está um espectáculo!

Vai ver isto:

http://haltadefinizione.deagostini.it/

;-)

Bjs

SULISTA

Vieira Calado disse...

Cá no sítio, os incompetentes são wanted, mas não para serem admoestrados ou castigados, mas promovidos.

Zé Povinho disse...

Amigos(as)

Sílvia - Ainda bem que o material aqui colocado continua a agradar, embora eu esteja um pouco cansado. Tudo se resolve com as férias que começam já dia 14.

Sulista - A fotografia e a imagem são dos meus maiores interesses e a busca de imagens bonitas é, para mim um prazer que procuro partilhar. A tua sugestão é muito interessante e vou continuar a explorar aquelas imagens. Obrigado

Vieira Calado - Quem pretende dominar está sempre interessado em ter como sabujos (os imediatamente abaixo na hierarquia), incompetentes que façam o "serviço sujo" sem nunca terem hipótese de vir a competir com "o patrão". Quem se lixa é o Zé que trabalha pelos pelos sabujos e nunca vê o seu esforço reconhecido. Já fui dar uma voltinha pelos seus espaços e da astronomia à poesia, que tive o prazer de ver, há muito mais que irei de certeza visitar.

Abraço a todos

adrianeites disse...

*****
a primeira imagem está fantástica!

boas férias

abraço

cp's

Meg disse...

Só ouço falar de férias. E eu? Ainda bem que não leste o que te disse há pouco ao Sineiro.

Como se sobe na vida? Sempre da mesma forma, qual é o espanto, Zé?
Tu o sabes melhor que ninguém.
Um abraço

Zé Povinho disse...

Meg
Não tinha lido mas fui lá ver agora. Isto é a ânsia de partir para férias.
Abraço e até breve.

Maria Faia disse...

Estimado Amigo Zé Povinho,

Quantas pessoas neste pequenino Portugal, sobem pisando e vilipendiando os outros...
Que se usam os outros ao sabor dos seus escondidos interesses pessoais...

Quem dera que assim não fosse...

Beijo