terça-feira, abril 24, 2007

O LOGRO DA AVALIAÇÃO

Embora ainda em fase de projecto, a avaliação na função pública, já chegou aos meios de comunicação social embora ainda não seja do conhecimento dos próprios funcionários que por ela vão ser abrangidos. É sintomático que este governo solte a informação primeiro para a comunicação social e só depois a discuta nos sítios certos.
A táctica do governo, secundada por parte da comunicação social dá origem à distorção propositada de conteúdos e princípios, como o facto de se titular que “uma boa avaliação não traz ao funcionário só vantagens financeiras” … “oferece um conjunto de estímulos não pecuniários aos melhores”, e a concluir “talvez para compensar a fraca generosidade nas progressões na carreira.”
Tudo o que referi faz parte dum subtítulo dum diário, e não faz sentido para quem lê em diagonal apenas os destaques ignorando o texto. Por um lado há que questionar sobre o interesse de divulgação pública dum texto que ainda está na fase de proposta, por outro, como o próprio jornal refere quando haverá algum benefício palpável para os trabalhadores e em que percentagem. Está tudo por lá e se os leitores não interessados neste processo, por estarem no sector privado, quiserem ler o artigo completo podem perfeitamente perceber que o congelamento das carreiras continua por mais dois anos para 95% dos funcionários, e em 2010 continua vedada a subida para 80%.
Concluo com a promessa de que o bom desempenho dará direito a férias extras, método já utilizado no passado e que ainda bem recentemente foi considerado por este mesmo governo, um privilégio dos funcionários públicos.
È muito mau para ser verdade e é um logro o que se está a publicitar através dos jornais, que grande parte dos portugueses ou não lê, ou apenas retém o que consta dos destaques (na gíria, as gordas).

*** * ***
OLHARES


*** * ***

CARTOON

5 comentários:

Joca disse...

Caro Zé
Pelo que percebi, até 2010 só os chefes e os seus apaniguados é que poderão ser promovidos, não é? Será que o pessoal está a ver bem há quantos anos é que não há promoções na função pública? Isto não é contenção de despesas, é um roubo aos que trabalham e um insulto à nossa inteligência.
Força Zé

Pinto disse...

Já pus um link para o seu blog. O seu blog é interessante e tem criatividade. Boa continuação.

o guardião disse...

Os teus olhares sobre a avaliação são contundentes e precisos, os das imagens são verdadeiros e naturais.
Manguito neles.

Dae-su Oh disse...

Bom também é vergonhoso que apenas basta ter x anos na função pública e vai-se sempre subindo de escalão com a mesma igualdade ou medida quer uma pessoa seja muito burra ou muito boa. Não digo que seja a melhor medida, mas sempre é mais justa que a actual, em que temos verdadeiros inergumes no topo da carreira em secções da função pública a ganharem 1500 euros que são burros que nem uma porta.

Cumps zé, belos posts como é costume

jpg - o sineiro disse...

Energúmenos em topo de carreira é o que há mais!

Veja-se os casos do PR e do PM!

Mai nada!

VIVA A LIBERDADE que no tempo dos outros, a esta hora, tinha um jantar de porrada na António Maria Cardoso. Os mais velhotes sabem ao que me estou a referir!

VIVA O ZÉ POVO!

VIVA A LIBERDADE!